terça-feira, 27 de junho de 2017

Ligações misteriosas...








  Iimagino que já deva ter acontecido com vocês que tem telefone fixo: ligações misteriosas, vindas também de números fixos, em que não há ninguém do outro lado. Cheguei a ver um mesmo número ligar 3 vezes em apenas um dia, sempre mudo!
Em outras situações, são chamadas de telemarketing convencionais, com operadores enfadonhos e insistentes. Oferecem de tudo, sendo os mais recorrentes os vendedores de TV a cabo, telefonia móvel e cartão de crédito. Há ainda propagandas gravadas por famosos. Num dia é o Moacir Franco, no outro o Michel Teló… na situação mais desagradável de todas, atendi uma dessas chamadas enquanto aguardava hospitalização. Era uma propaganda de auxílio funeral!
Não adianta você recusar ou desligar na cara, eles continuarão ligando até vencê-lo pelo cansaço. Afinal, se as empresas insistem nesse método irritante, é porque dá retorno. No caso das ligações mudas, são robôs de telemarketing que fazem centenas de chamadas ao mesmo tempo. Como a maioria das pessoas não atende, os robôs fazem incontáveis tentativas. Mas quando uma pessoa efetivamente atende, todos os operadores (esses de carne e osso, embora também pareçam robôs) já estão ocupados em outra chamada. E você fica ali, no vácuo, dizendo “alô” para ninguém.
Meus pais, pessoas de idade, fizeram uma espécie de “lista negra” e a colocaram ao lado do telefone. Mesmo assim, continuam se aborrecendo, pois precisam ir até o identificador de chamadas para decidir se atendem ou não.

Em dispositivos móveis, a coisa é bem mais tranaquila: instalei o Truecaller no smartphone de todo mundo — funciona com iOS, Android e Windows Phone. Trata-se de um identificador de chamadas que reconhece números que não estão na sua agenda e permite que você bloqueie os indesejados. Funciona de forma colaborativa: sempre que você atende uma chamada que é spam, pode reportá-la para uma lista negra pública, em que aparecerá como spam para outras pessoas também. Você pode configurar o aplicativo para bloquear automaticamente todo número identificado publicamente como spam. Foi assim que minha família encontrou a paz, pelo menos no celular.
O Truecaller funciona também com SMS e WhatsApp. Acho ótimo identificar aqueles golpistas que mandam continuamente mensagens para você atualizar seu internet banking ou avisando que você ganhou alguma promoção. O único problema é que muitas mensagens com senha de autenticação de 2 passos são identificadas como spam; assim, recomendo que você não bloqueie automaticamente todo SMS marcado na lista pública como spam.
Há outros aplicativos que bloqueiam ligações, para todas as plataformas, como o Whoscall e o Contative. São igualmente bons, mas minha escolha pelo Truecaller se deve à maior base de dados e por funcionar bem mesmo em aparelhos mais simples.
Em alguns estados do Brasil, como São Paulo, Minas Gerais e Paraná, há leis que instituem um cadastro para bloqueio de recebimento de ligações de telemarketing. Aqui no Paraná, é possível fazê-lo rapidamente através deste link do site do Procon-PR.
As ligações diminuem drasticamente, mas não há garantia de sossego: entidades filantrópicas ficam de fora na lei. Portanto, as chamadas de instituições pedindo donativos continuam. Por causa do alto número de golpes, recomendo que as pessoas é que tomem a iniciativa de ajudar entidades, entrando em contato com eles, e nunca o contrário. Se alguma entidade procurá-lo pedindo qualquer coisa, tome os dados dessa instituição e posteriormente os procure pelos canais oficiais de doações.

Fiz o cadastro dos meus pais há alguns anos, e por um tempo as ligações cessaram. Mas de repente elas recomeçaram. Isso porque há constantemente empresas coletando seus dados por aí e criando novos mailings. Fico espantada em ver como os brasileiros em geral são descuidados com seus dados pessoais. Basta ter em mãos qualquer tipo de formulário, que já saem informando tudo!
Não forneça seus dados pessoais para empresa nenhuma, a não ser que seja absolutamente necessário. Há algum tempo conheci uma “agência” que vendia por pequenas fortunas os dados de clientes de um shopping de Curitiba. Ela os coletava a partir de cupons de promoções em datas festivas. Reparou que nas promoções de fim de ano em muitos shoppings não basta preencher um papel e colocar numa urna, é preciso criar um cadastro eletronicamente? Pois é. O problema nem é necessariamente fornecer seus dados ao shopping, já que você o faz conscientemente, mas a quem esses dados são fornecidos ou vendidos depois. Pode ser para outros vendedores das mais diversas empresas… ou pode também ser para golpistas. Fique atento!


terça-feira, 20 de junho de 2017

Oito frases que um homem jamais deve dizer a uma mulher



A comunicação entre o casal é um dos fatores que garantem o sucesso do relacionamento. Mas, como a racionalidade masculina passa longe da emotividade feminina, e vice-versa, a interpretação de um mesmo assunto pode ser bem diferente para eles e para elas; e o que era para ser uma simples comentário ou uma conversa pode se transformar em um verdadeiro desastre. Para exemplificar algumas destas situações, em que palavras aparentemente inocentes podem ser mal compreendidas, a revista Men's Health listou oito frases que jamais devem ser ditas a uma mulher, principalmente se ela estiver nua. Orientada por especialistas, a publicação foi mais longe: mostrou qual o efeito dessas frases na cabeça das mulheres e como elas devem ser ditas para não causar 'estragos' à relação. Confira:

Reprodução
Reprodução


Cansaço

Você fala: "Hoje não quero, amor. Estou exausto!"

O que ela pensa: "Ele está tendo um caso e por isso esgotou suas energias". Para não ficar encanada ela precisa saber a fundo o dia de cão que você passou. Conte todas as demandas do seu chefe, dos inúmeros relatórios que escreveu, das horas intermináveis de reunião…

Como você pode dizer: "Tive um dia de cão no trabalho hoje. Vamos dormir abraçados?" Mas fale antes dela se despir.

Peso

Sua fala: "Você engordou um pouco, né?"

O que ela pensa: "Que vergonha! Estou enorme mesmo, preciso esconder os pneuzinhos". Se você não quer intimidar sua companheira, em vez de dizer na lata que a gata engordou, seja companheiro e proponha uma atividade física a dois. Porém, deixe subtendido que é você quem está precisando perder uns quilinhos.

Como você pode dizer: "Gata, comi muita besteira esta semana. Topa correr comigo no parque amanhã?"

Depilação

Sua fala: "Que depilação moderna!"

O que ela pensa: "Ele está tirando sarro... Achou a novo corte feio e vulgar". Se sua ideia é elogiar, seja claro e o mais direto possível. Assim, não corre o risco de deixá-la insegura.

Como você pode dizer: "Hum, variou a depilação? Ficou bem diferente. Curti!"

Bronzeado

Sua fala: "Não acha que está precisando pegar um bronzeado, linda?"

O que ela pensa: sol, pele morena e marca de biquíni são sinais de forte sex appeal. Se você disser que a garota está branquela como uma lagartixa, a gata pode imaginar que seu tesão por ela está tão frio quanto um réptil.

Como você pode dizer: "Se o tempo estiver bom no fim de semana, topa pegar uma piscina? Aí, você coloca aquele biquíni que eu gosto…"

Seios

Sua fala: "Querida, seus peitos estão olhando um para o gato e outro para o rato."

O que ela pensa: por mais que a mulher saiba que um lado do corpo não é simétrico ao outro, ela não achará isso uma brincadeira. Vai pensar que há algo errado com ela. Além disso, pode acreditar que o parceiro não se sente atraído pelos seios dela.

Como você pode dizer:
Não diga nada. Típica situação em que é melhor perder a piada do que a parceira…

Celulite

Sua fala: "Os furos no seu bumbum aumentaram, amor, sabia?"

O que ela pensa: sua intenção pode ser até das melhores, mas fará com que ela pense que é uma bunda-mole. Na hora em que a garota se vestir, vai ser aquele drama para escolher uma roupa – ela achará que nada favorece as curvas.

Como você pode dizer: "Faz tempo que você não reclama que o treino na academia está puxado. Será que não é hora de pedir para o professor uma rotina nova?"

Estrias

Sua fala: "São normais estas listras brancas que apareceram no seu quadril?"

O que ela pensa: mulheres que possuem essa marquinhas esbranquiçadas se sentem envergonhadas, principalmente quando ainda não existe intimidade com o parceiro. causadas pelo rompimento das fibras elásticas que dão sustentação à pele, as estrias costumam aparecer no bumbum, seios, coxas e quadril e são comuns a maioria das mulheres.

Como você pode dizer: estria só desaparece com cirurgia. Então, acredite, também nesse caso é melhor ficar de boca fechada.

Marcas

Sua fala: "Que cicatriz é esta que você tem na barriga?"

O que ela pensa: uma cicatriz é resultado de algum machucado, acidente ou procedimento cirúrgico. Enfatizar a marca no corpo dela pode fazê-la relembrar a situação que provocou aquilo. E piro: dependendo do aspecto da cicatriz, a mulher pode suspeitar que você esteja com nojo dela.

Como você pode dizer: "O que aconteceu com você para ter essa marca na barriga?" Mas espere para puxar o papo depois que a transa rolar, pois a garota pode ficar inibida ou a história sobre a origem da cicatriz ser longa… (Fonte: Men's Health)

sexta-feira, 16 de junho de 2017

SEUS DIREITOS!!!

Veja quais são as garantias do consumidor na hora de efetuar a troca de produtos:
Não gostei
A troca não é obrigatória caso o consumidor fique insatisfeito com a cor, tamanho ou modelo do produto.
Negociação
Em geral, grande parte do comércio efetua essa troca como política de relacionamento. Busque o diálogo e o entendimento.
Na palavra
Caso o lojista tenha se comprometido a fazer a troca de produtos sem defeito, ele fica automaticamente obrigado a cumprir com a promessa. Para evitar problemas, peça para que ele anote as condições na nota fiscal.
Defeito
Em caso de defeito, a troca deve ser feita por um produto igual em perfeitas condições.
Valores
O valor de referência é o da nota fiscal do produto. Se o item substituto for mais caro, fica a cargo do consumidor pagar a diferença. Se for mais barato, a loja deve conceder um crédito.
Prazo
O prazo para reclamar a troca da mercadoria com defeito é de 90 dias para bens duráveis e de 30 dias para os não duráveis. O prazo é maior para produtos com garantia.
Assistência
Caso o defeito seja de fabricação, cabe ao fornecedor encaminhar o produto à assistência técnica para resolução do problema, o que deve ser feito em até 30 dias.
Descumprimento
Se o fornecedor não resolver o problema em 30 dias, o consumidor pode optar pela troca do produto por outro igual ou de qualidade superior (pagando a diferença); pedir a restituição do valor atualizado; ou ainda o abatimento no valor.
Fonte: Procon-PR e Idec.

terça-feira, 30 de maio de 2017

Revolução Farroupilha

Revolução Farroupilha, também é chamada de Guerra dos Farrapos ou Decênio Heróico ( 1835 - 1845), eclodiu no Rio Grande do Sul e configurou-se, na mais longa revolta brasileira. Durou 10 anos e foi liderada pela classe dominante gaúcha, formada por fazendeiros de gado, que usou as camadas pobres da população como massa de apoio no processo de luta.

Causas


O Rio Grande do Sul foi palco das disputas entre portugueses e espanhóis desde o século XVII. Na idéia dos líderes locais, o fim dos conflitos deveria inspirar o governo central a incentivar o crescimento econômico do sul, como pagamento às gerações de famílias que se voltaram para a defesa do país desde há muito tempo. Mas não foi isso que ocorreu.
A partir de 1821 o governo central passou a impor a cobrança de taxas pesadas sobre os produtos rio-grandenses, como charque, erva-mate, couros, sebo, graxa, etc. 
No início da década de 30, o governo aliou a cobrança de uma taxa extorsiva sobre o charque gaúcho a incentivos para a importação do importado do Prata.
Ao mesmo tempo aumentou a taxa de importação do sal, insumo básico para a fabricação do produto. Além do mais, se as tropas que lutavam nas guerras eram gaúchas, seus comandantes vinham do centro do país. Tudo isso causou grande revolta na elite rio-grandense.

A revolta


Carga de cavalaria Farroupilha, acervo do Museu Júlio de Castilhos.
Em 20 de setembro de 1835, os rebeldes tomam Porto Alegre, obrigando o presidente da província, Fernandes Braga, a fugir para Rio Grande. Bento Gonçalves, que planejou o ataque, empossou no cargo o vice, Marciano Ribeiro. O governo imperial nomeou José de Araújo Ribeiro para o lugar de Fernandes Braga, mas este nome não agradou os farroupilhas (o principal objetivo da revolta era a nomeação de um presidente que defendesse os interesses rio-grandenses), e estes decidiram prorrogar o mandato de Marciano Ribeiro até 9 de dezembro. Araújo Ribeiro, então, decidiu partir para Rio Grande e tomou posse no Conselho Municipal da cidade portuária. Bento Manoel, um dos líderes do 20 de setembro, decidiu apoiá-lo e rompeu com os farroupilhas.
Bento Gonçalves então decidiu conciliar. Convidou Araújo Ribeiro a tomar posse em Porto Alegre, mas este recusou. Com a ajuda de Bento Manoel, Araújo conseguiu a adesão de outros líderes militares, como Osório. Em 3 de março de 36, o governo ordena a transferência das repartições para Rio Grande: é o sinal da ruptura. Em represália, os farroupilhas prendem em Pelotas o conceituado major Manuel Marques de Souza, levando-o para Porto Alegre e confinando-o no navio-prisão Presiganga, ancorado no Guaíba.

Os imperiais passaram a planejar a retomada de Porto Alegre, o que ocorreu em 15 de julho. O tenente Henrique Mosye, preso no 8º BC, em Porto Alegre, subornou a guarda e libertou 30 soldados. Este grupo tomou importantes pontos da cidade e libertou Marques de Souza e outros oficiais presos no Presiganga. Marciano Ribeiro foi preso e em seu lugar foi posto o marechal João de Deus Menna Barreto. Bento Gonçalves tentou reconquistar a cidade duas semanas depois, mas foi batido. Entre 1836 e 1840 Porto Alegre sofreu 1.283 dias de sítio, mas nunca mais os farrapos conseguiriam tomá-la.

Em 9 de setembro de 1836 os farrapos, comandados pelo General Netto, impuseram uma violenta derrota ao coronel João da Silva Tavares no Arroio Seival, próximo a Bagé. Empolgados pela grande vitória, os chefes farrapos no local decidiram, em virtude do impasse político em que o conflito havia chegado, pela proclamação da República Rio-Grandense. O movimento deixava de ter um caráter corretivo e passava ao nível separatista.

Poderá também gostar de:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html