quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Tristeza - Escola de Artes de Chapecó

P E DRONA

No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra.
 Carlos Drummond de Andrade


terça-feira, 21 de outubro de 2014

CARTA DA MEDICINA PARA UM MÉDICO

Eu não tenho resposta para tudo.

Se me perguntarem como você poderia me perdoar pelo tanto que exigi e continuo exigindo de você,eu não saberia responder.

Mesmo assim eu gostaria de aproveitar para lhe pedir perdão.

Perdão por tirar tantas horas da sua juventude,absorvendo você com intermináveis paginas dos meus livros.

Perdão por lhe tomar tantas noites de descanso,embalando você em exaustivos plantões.

Perdão pelos momentos de diversão que você abriu mão por me levar tão a sério.

Perdão à sua família.Disputar comigo não é fácil.

E a compreensão dessas pessoas que estão ao seu lado pode ensinar muito sobre esse sentimento chamado amor.

E muitas vezes ter que assistir você enfrentar sozinho esse nossos inimigo implacável:a dor.

Como poderia agradecer a vida que você dedicou a mim?
Eu não sei. Eu não tenho resposta para tudo.

Mas,se me perguntarem qual é o meu motivo de orgulho,eu tenho a resposta:



É VOCÊ




Sinceramente


Medicina

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

As Mocinhas da Cidade - Escola de Artes de Chapecó

PARQUES DE CURITIBA




PARQUE DA VILINHA.

“O Parque Histórico de Curitiba, também conhecido como Parque Histórico da Vilinha fica na Rua Arno Feliciano de Castilho, esquina com Rua Marco Polo, no Bairro Alto.
 O local também é conhecido como Praça Max Sesselmeier, nome do antigo proprietário da área que foi doada à Prefeitura em 1967 para a construção do parque.
 O Parque Histórico foi inaugurado em 1972 para marcar o local de fundação da vila que daria origem a Curitiba. 

Um acampamento de garimpeiros, às margens do Rio Atuba, deu início ao povoamento europeu dos campos de Curitiba. 
Eram portugueses, em sua maioria.
 O Parque Histórico de Curitiba marca a área onde os garimpeiros se estabeleceram inicialmente, no século 17. 
Posteriormente transferiram-se para o atual centro de Curitiba.

Segundo a lenda, a imagem de Nossa Senhora da Luz trazida por eles amanhecia sempre voltada para uma mesma direção. 
O cacique Tindiquera, da tribo Tingui, consultado pelos portugueses, teria encontrado o local indicado pela santa, onde se formaria a nova Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais.
 O local indicado pelo cacique é hoje o marco zero de Curitiba, a Praça Tiradentes”. 

Informações e fotos colhidas no Guia Geográfico e no Portal da Prefeitura de Curitiba.

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html