segunda-feira, 2 de maio de 2016

NOVO APLICATIVO


 Um novo aplicativo para celular em processo de implantação no país permitirá ao usuário suspender temporariamente os cartões de crédito, débito e pré-pagos para as transações no comércio eletrônico, lojas e shoppings.
O objetivo é evitar fraudes potenciais e dar mais segurança para consumidores e lojistas.
A suspensão temporária dos cartões será feita por meio de uma chave do tipo liga-desliga no celular, em que o usuário habilita o cartão por alguns minutos, efetua um determinado pagamento e logo depois desativa o uso.
Se os dados de um pagamento forem capturados, por exemplo, por um hacker, não poderão ser usados se o cartão estiver desligado. É o que ocorre quando o banco envia um cartão novo ao cliente: ele não funciona até o usuário habilitá-lo. No caso, a habilitação ocorre pelo aplicativo.
Chamado GogoNogo, o aplicativo foi desenvolvido pela start-up americana First Performance Global, do Vale do Silício, que tem entre os principais sócios a Mastercard. Além de Brasil e EUA, o aplicativo está sendo implantado na Austrália, Japão e Nigéria. No país africano, o uso se tornou exigência dos reguladores locais para evitar fraude na internet, segundo a First Performance.
PREJUÍZO
Toda vez que ocorrer um pagamento, o usuário do cartão receberá um alerta com os detalhes da transação.
No Brasil, as fraudes nas transações presenciais, com senha, nos pontos de venda caíram em mais de 90% após os bancos implantarem os cartões com chip e enviarem mensagem de texto com alerta após cada operação.
A maioria dos problemas hoje ocorre nas compras on-line: estima-se que até 30% das tentativas são fraudes.
Quando isso acontece, o lojista assume o prejuízo se o portador do cartão não reconhecer a transação.
Para reduzir perdas, o varejo on-line têm estimulado os clientes a usarem os aplicativos de carteiras virtuais, que têm as informações de pagamento criptografadas.
Para a advogada Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da ProTeste, os aplicativos para aumentar a segurança dos cartões são bem-vindos. No entanto, afirma ela, não podem transferir ao consumidor o risco de eventuais fraudes. "Os avanços tecnológicos não podem transferir o ônus da fraude para o consumidor", disse.
EXPANSÃO
Por enquanto, só o Bradesco oferece o serviço no Brasil e apenas para os cartões da Casas Bahia.
A novidade deve ser liberada nas próximas semanas para outras redes varejistas.
No caso da Casas Bahia, o GogoNogo foi customizado para funcionar apenas para o comércio eletrônico.
O aplicativo já foi baixado por mais de 100 mil usuários, segundo Reginaldo Zero, presidente da First Performance no Brasil.
"A receptividade surpreendeu e vamos expandir para outros varejistas", disse.


 

 


segunda-feira, 25 de abril de 2016

Curitiba - Carrotiba 

Gralha-azul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma caixa taxonómicaGralha-azul
Gralha-azul.jpg

Estado de conservação
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Corvidae
Género: Cyanocorax
Espécie: C. caeruleus

Nome binomial
Cyanocorax caeruleus
(Vieillot, 1818)

Distribuição geográfica
CyanocoraxCaeruleusHabitat.jpg
A gralha-azul (Cyanocorax caeruleus) é uma ave passeriforme da família dos corvídeos, com aproximadamente 40 cm de comprimento, de coloração geral azul vivo e preta na cabeça, na parte frontal do pescoço e na superior do peito. Machos e fêmeas tem a mesma plumagem e aparência embora as fêmeas em geral sejam menores.
Embora se diga que seu habitat é a floresta de araucárias do sul do Brasil, por força da dieta composta de insetos, frutos e pequenos invertebrados, esta ave não tem dependência restrita dessas florestas e sua área de distribuição abrange desde o sul do Estado do Rio de Janeiro para o sul, até o Estado do Rio Grande do Sul, sendo frequente na Mata atlântica da Serra do Mar.
As gralhas-azuis são aves muito inteligentes só suplantadas pelos psitacídeos. Sua comunicação, bastante complexa, consta de pelo menos 14 termos vocais (gritos) bem distintos e significantes. Gregárias, as gralhas-azuis formam bandos de 4 a 15 indivíduos hierarquicamente bem organizados, inclusive com divisão de clãs, bandos estes que se mantêm estáveis por até duas gerações.
No período reprodutivo que se inicia em outubro e se prolonga até março, todos os indivíduos colaboram na construção de ninhos nas partes mais altas das mais altas árvores, preferencialmente na coroa central da araucária, quando lá existente. No ninho feito de gravetos, de cerca de 50 cm de diâmetro, em forma de taça, são postos 4 ovos, em média.
A gralha-azul é o principal animal disseminador da araucária uma vez que, durante outono, quando as araucárias frutificam, bandos de gralhas laboriosamente estocam os pinhões para deles se alimentar posteriormente.
Neste processo, as gralhas-azuis encravam fortemente os pinhões no solo ou em troncos caídos no solo, já em processo de putrefação, ou mesmo nas partes aéreas de raízes nas mesmas condições, local propício para a formação de uma nova árvore.
No folclore do estado do Paraná atribui-se a formação e manutenção das florestas de araucária a este pássaro, como uma missão divina, razão porque as espingardas explodiriam ou negariam fogo quando para elas apontadas. Além disso, a ave, que como dito anteriormente está associada à Mata das Araucárias e sendo o estado famoso pelo bioma, é um dos símbolos do Estado do Paraná, segundo a Lei Estadual n. 7957 de 1984 que a consagra como "ave símbolo" deste estado.
Como a floresta das araucárias tenha sido reduzida a cerca de 4% do que fora antes, a perpetuidade desta espécie de aves é vista com preocupação.

MAXOFOBIA!



Por trauma ou insegurança, muita gente até possui a carteira de habilitação, mas dirigir que é bom, nada.
 Se você faz parte desse time, saiba que não está sozinha: uma pesquisa da Organização Mundial de Saúde mostrou que 6% dos motoristas habilitados no país sofrem de amaxofobia, o medo de dirigir, e a maioria são mulheres com idade entre 30 e 65 anos.

Algumas pessoas não conseguem nem mesmo tirar a carteira, basta sentar no banco do motorista para começar a suar, tremer, ter dor de barriga ficar com a boca seca e o coração acelerado.
 Seja qual for o caso, é preciso vencer a ansiedade, antes que esse medo se torne patológico.

Para ficar mais confiante e motivada, a ajuda de um especialista é muito bem-vinda: um psicólogo vai ajudar a superar esse e outros medos, enquanto um instrutor de autoescola (especializado ou não em ajudar quem sofre com este problema) mostrará como a convivência no trânsito pode ser natural.

Aprender técnicas de relaxamento e treinar ao menos duas vezes por semana são alguns truques que os famosos ensinam para superar o pânico, porque, sim, eles também já passaram por isso

sábado, 23 de abril de 2016

Salario minimo r4egional




Aumento do salário mínimo contempla o INPC acumulado até dezembro mais o PIB dos últimos dois anos. Fotos Públicas

A lei que regulamenta o cálculo do salário mínimo regional do Paraná deverá ser mantida até 2020. Conforme a minuta aprovada pelos sindicatos patronais e dos trabalhadores, a base continuará sendo o INPC acumulado de janeiro a dezembro do ano anterior mais a variação do PIB de dois anos antes.
Com isso, o aumento em 2016 será de 11,6%. As faixas salariais ficarão entre R$ 1.148,40 e R$ 1.326,60. A proposta ainda depende da aprovação da Assembleia Legislativa, mas não deve encontrar resistência.



A previsão é entrar em vigor no dia 1.º de maio.
De acordo com os representantes sindicais, porém, o projeto de lei terá uma mudança na data-base a partir de 2017, que será antecipada em um mês até 2020.
No próximo ano, o mínimo regional entrará em vigor no dia 1.º de abril; em 2018, no dia 1.º de março; em 2019, no dia 1.º de fevereiro; e em 2020, no dia 1.º de janeiro. “Essa prática foi aprovada pelos sindicatos para que o piso regional não se distancie tanto do nacional”, afirma o vice-presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Carlos Walter Martins.



O representante reforça que o mínimo paranaense continuará sendo o maior do país. Ao todo, cinco estados têm salários regionais – Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

DIA DA TERRA

O Dia da Terra foi criado pelo senador norte-americano Gaylord Nelson, no dia 22 de Abril de 1970, cuja finalidade é criar uma consciência comum aos problemas da contaminação, conservação da biodiversidade e outras preocupações ambientais para proteger a Terra.

História

A primeira manifestação teve lugar em 22 de abril de 1970. Foi iniciada pelo senador Gaylord Nelson, ativista ambiental, para a criação de uma agenda ambiental. Para esta manifestação participaram duas mil universidades, dez mil escolas primárias e secundárias e centenas de comunidades. A pressão social teve seus sucessos e o governo dos Estados Unidos criou a Agencia de Proteção Ambiental (Environmental Protection Agency) e uma série de leis destinadas à proteção do meio ambiente.
  • Em 1972 se celebrou a primeira conferência internacional sobre o meio ambiente: a Conferência de Estocolmo, cujo objetivo foi sensibilizar aos líderes mundiais sobre a magnitude dos problemas ambientais e que se instituíssem as políticas necessárias para erradicá-los.
  • O Dia da Terra é uma festa que pertence ao povo e não está regulada por somente uma entidade ou organismo, tampouco está relacionado com reivindicações políticas, nacionais, religiosas ou ideológicas.
  • O Dia da Terra refere-se à tomada de consciência dos recursos naturais da Terra e seu manejo, à educação ambiental e à participação como cidadãos ambientalmente conscientes e responsáveis.
  • No Dia da Terra todos estamos convidados a participar em atividades que promovam a saúde do nosso planeta. tanto a nível global como regional e local.
  • "A Terra é nossa casa e a casa de todos os seres vivos. A Terra mesma está viva. Somos partes de um universo em evolução. Somos membros de uma comunidade de vida independente com uma magnífica diversidade de formas de vida e culturas. Nos sentimos humildes ante a beleza da Terra e compartilhamos uma reverência pela vida e as fontes do nosso ser..."
Surgiu como um movimento universitário, o Dia da Terra se converteu em um importante acontecimento educativo e informativo. Os grupos ecologistas o utilizam como ocasião para avaliar os problemas do meio ambiente do planeta: a contaminação do ar, água e solos, a destruição de ecossistemas, centenas de milhares de plantas e espécies animais dizimadas, e o esgotamento de recursos não renováveis. Utiliza-se este dia também para insistir em soluções que permitam eliminar os efeitos negativos das atividades humanas. Estas soluções incluem a reciclagem de materiais manufaturados, preservação de recursos naturais como o petróleo e a energia, a proibição de utilizar produtos químicos danosos, o fim da destruição de habitats fundamentais como as florestas tropicais e a proteção de espécies ameaçadas. Por esta razão é o Dia da Terra.
Este dia não era reconhecido pela ONU até 2009, quando a mesma reconheceu a importância da data e instituiu o Dia Internacional da Mãe Terra, celebrado em 22 de abril[1] .

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html