sábado, 28 de junho de 2008

A Maratona da Cidade, por Paulo Branco

Grande Maratona da Cidade

"Suar a camisa", era o lema dos profissionais das equipes em que atuei. Não só cumprir horário, ir para casa e a Rádio que se dane. Nós estávamos sempre bolando algo para melhorar a qualidade do programa que apresentávamos, e muitas vezes, uma idéia vinha à nossa cabeça. É como escrever uma poesia, a inspiração simplesmente chega. A dica: anote sempre, porque assim como vem, vai, dá um branco e "cadê que a gente lembra". Se não serve para teu programa, por causa da linha de trabalho que você traçou, passe para um colega. Pode ser que para o programa dele encaixe, e talvez, seja excelente. Se preocupar com a empresa que te contrata é uma forma de "suar a camisa". Foi assim que criei a "Grande Maratona da Rádio Cidade". Funcionava assim: por telefone, contatava com líderes de um determinado bairro e depois de explicar do que se tratava, marcava uma reunião. "Me Tocava" para bairros que nem conhecia, distantes do centro ou da Rádio que funcionava próxima do DENTEL, pertinho do Hospital Evangélico. (Tempo para nossos comerciais, a GMR Cidade volta já!.)

(Voltando a falar sobre GMR Cidade.) Na reunião, geralmente na igreja, numa escola ou associação, ia para o quadro negro e desenhava um dial de rádio, demostrando como poderiam localizar a RC. Convidava os participantes a se integrar na Grande Maratona, cada qual formando equipes para competir aos vários prêmios. Como? Ouvindo a RC, porque a qualquer momento durante as 24 horas de transmissão, poderia ser veiculada uma pergunta, cuja resposta certa valeria pontos. De cada equipe, ao menos um integrante deveria estar ouvindo atentamente a emissora. Não adiantava nada ligar para a Rádio e perguntar qual foi a pergunta, ninguém informava, tinha que ouvir e anotar. No dia da grande apresentação, a equipe de produção contava os pontos de cada equipe. Só que não parava por aí, tinha muito mais. No próximo capítulo contaremos. Tchau...

Grande Maratona, uma festa

As reuniões da GMR Cidade eram realizadas de preferência, na segunda-feira ou no sábado. Todas as equipes deveriam estar reunidas na praça principal, ou ginásio, enfim, em local escolhido pelo coordenador do evento. Isto, porque não era mais um programa de rádio, mas um verdadeiro evento de interatividade entre ouvintes, que viravam amigos,e toda a equipe da Rádio. Por que toda a equipe? Porque todos estariam lá no sábado, promovendo disputas desportivas e conhecendo o pessoal.

Para realizar a programação, conseguimos um Trailer
(foto 1-ilustrativa) emprestado com a Empresa Sul Trailer. Alô Bonamigo, aquele abraço.
Com o Galaxie (foto 2) do Luiz Ernesto (foto 3, na Tribuna da Câmara), hoje vereador em Curitiba, dava para rebocar o trailer. Chegávamos ao local fazendo a maior balburdia, os moradores do Bairro soltavam foguetes, era realmente uma grande festa.

A
TELEPAR, a esta altura, já tinha instalado uma linha, e o trailer seria o estúdio onde estavam fazendo seus programas ao vivo o Jamur Junior(foto 4, ao centro), a Dirce Alves(foto 5, ao lado de Jorge Bernardi)
, Cláudio Ribeiro (foto 6), e tantos outros. Até autógrafos dávamos na ocasião. A programação se prolongava até o meio-dia, quando as famílias locais ofereciam almoço aos radialistas. Eram dois almoços na casa de dona Maria, três na casa do seu Antonio e assim por diante. No final, premiávamos a equipe que marcou mais pontos ouvindo a Rádio e participando dos jogos no local. As segunda e terceira, também recebiam seus prêmios e ficavam felizes. Nós, voltávamos para a Rádio, felizes e realizados. Não havia cachê por isso, fazíamos porque amávamos nosso trabalho, nossa profissão.

Na sequência, falarei de um rapazinho, recém formado em jornalismo e que sempre acompanhava nossa equipe, mesmo não sendo radialista.
Logo depois se elegeu vereador, sendo hoje, um importante político de nossa cidade. Vocês imaginam quem era? Antes de finalizar este capítulo, quero registrar que íamos às reuniões e aos locais da "Grande Maratona da Rádio Cidade", com nossos próprios meios de transporte. Eram outros tempos.


(2) foto: www.amigosdogalaxiecom.br
(3) foto: www.cmc.pr.gov.br (Foto - Irene Roiko)
(4) foto: www.ulustosa.com
(5) foto: www.cmc.pr.gov.br

(6) foto: www.brasilcultura.com.br

Um jovem acompanhava a GMR Cidade

Um jovem, recém formado jornalista, assessor de imprensa da COHAB-Curitiba, acompanhava nossa equipe aos sábados, na GMR Cidade. Era sua preferência os Núcleos Habitacionais, e ficava lá conversando com os moradores, ouvindo sugestões e fazendo sua divulgação. Sabia o que queria, tando que elegeu-se vereador e nunca mais perdeu uma eleição. Permanece na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) até hoje. Aquele jovem era o Jorge Bernardi. Aliás, tínhamos bastante políticos na equipe da Rádio Cidade. Que eu lembre, faziam parte da equipe o Candido Martins de Oliveira, Mauricio Nasser, Luis Ernesto Pereira (meu afilhado de casamento), Algaci Tulio, Claudio Ribeiro e Ricardo Chab. Esqueci alguém? Agradecerei se fizer contato. Ainda voltaremos no assunto Rádio Cidade. Até...


Contato com PB: contato@paulobranco.com

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html