sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Estados Unidos, Israel e... Palau contra o mundo.

A Assembléia Geral da ONU aprovou nesta quarta-feira uma resolução que pede o fim do embargo econômico e comercial declarado há quase meio século pelos Estados Unidos contra Cuba. Dos 192 países que integram a ONU, 185 países votaram a favor, apenas Estados Unidos, Israel e... Palau foram contra. Outros dois países (países?) se abstiveram: Ilhas Marshall e Micronésia.

Segundo Notícias UOL ( * ), esta é a 17ª vez consecutiva que a ONU aprova uma resolução que critica estas sanções unilaterais dos Estados Unidos e pede sua revogação. A resolução apresentada ao plenário pelo chanceler cubano, Felipe Pérez Roque, recebeu, nesta ocasião, um apoio superior ao do ano passado, quando foi respaldada por 184 países e rejeitada por quatro.


"Vocês estão sozinhos, completamente isolados", disse pouco antes da votação Pérez Roque, dirigindo-se à delegação americana. Em seu discurso, o chanceler cubano disse que "sete em cada dez cubanos passaram a vida sob esta política irracional e inútil". E que "o bloqueio é mais velho que o senhor Barack Obama e que toda minha geração".


Cidadãos brasileiros, por exemplo, não podem adquirir um computador portátil da DELL Brasil por meio de crédito se, ao preencher o cadastro, declarar que em tendo oportunidade gostaria de visitar Cuba. A empresa informou ao jornal O Globo ( * ) que a restrição segue normas de Washington.


O embargo econômico à Cuba foi instituído pelos Estados Unidos em 1962, três anos após a deposição do ditador Fulgêncio Batista pela Junta Militar Revolucionária cubana. E antes da fracassada invasão da Baía dos Porcos, financiada pelos Estados Unidos.



Fonte: Boletim H S Liberal


Bookmark and Share Pingar o BlogBlogs Adicione PB ao Google Reader Add to Technorati Favorites

Subscreva dabocadojacare




Caros Ouvintes, uma pequena história do Rádio

Já escrevemos aqui sobre a exposição "Um Paraná Ligado no Rádio", uma mostra realizada em agosto, com a curadoria de Gil Bermudes, que reuniu o acervo de seu pai, o radialista e homem de televisão, Osni Bermudes. Registrei em SLIDES, o encontro com importantes nomes do rádio paranaense como Ubiratan Lustosa, Vicente Mikos, Sérgio Silva e Sinval Martins que contaram um pouco da história do Rádio, até a década de 60. Na exposição, apresentara junto com o ator Enéas Lour, um trecho da radionovela "Ceia dos Cardeais". Logo em seguida foi exibido o documentário "Caros Ouvintes - Uma pequena história do rádio", da diretora Silvana Corona. Foi uma noite muito especial, jamais esquecerei. Faltava ainda a apresentação do documentário neste Blog, para quem não pode estar presente naquele evento. São 30 minutos de grandes realizações e lembranças da época. Um belo trabalho, tenho certeza que gostarão. Aqui está, divirtam-se.

Caros Ouvintes - Uma pequena história do Rádio
Direção: Silvana Corona,
Direção de fotografia: Beto Carminatti,
Direção de arte: Zenor Ribas,
Produção executiva: Léo Pasqualini de Andrade,
Narração: Sinval Martins.

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

FOLCLORE DA IMPRENSA

FOLCLORE DA IMPRENSA - DONATO RAMOS - (dos livros ANTES QUE ME ESQUEÇA-O FOLCLORE DA IMPRENSA - 1-2-3 e 4)

BATATINHA – TAROBÁ – 27.5.05 – 13h10
- O agricultor foi alvejado no braço “QUASE PERTO” do peito.
...
Entrevista com o treinador Parreira:
- A gente não seleciona jogador pelo TAMANHO nem pela ALTURA.
(Puta merda, ó filósofo! Seleciona pela GROSSURA, talvez...?
...
TAROBÁ – BATATINHA – 30.10.05 – 13h45min
-... e os dois policiais praticaram o crime chamado “CONCUSÃO”.
(Concussão é o certo. CONCUSÃO deve ser prática sexual!).
...
NETO
No dia 31 de janeiro de 2005, às 13 horas e oito minutos, na TV Tarobá de Cascavel,, o Neto substituiu o Batatinha no programa “Tempo Quente”. Lá pelas tantas, sai-se com esta:
- ... com MENAS violência.
Dias antes, no mesmo programa (24.1.) e pelo mesmo motivo, às 13 e 43, o excelente apresentador, falava sobre um parente de um prefeito da região, preso por porte de drogas:
- E a droga, senhores, estava dentro de uma LATA DE PAPELÃO...!
...
BOLÍVAR “cacau” NEGREIROS
TV Tarobá – Cascavel – Pr
Programa “PRETO NO BRANCO” - 20.3.89.
- O Brasil tem tudo para ser um dos maiores países DO UNIVERSO...
(depois da Terra, claro!)
...
PAULO MARTINS
TV Tarobá – Cascavel – 24.2.89
- Ficam fazendo ALAÚZAS, num dizer MUITO POPULAR...
(Já pensou se o termo não fosse POPULAR? Ninguém iria entender, né Paulo?)
...
CADEIA – Curitiba - Pr
Mostrando um jornal onde se via claramente a frase “Susto e destruição”, o deputado Alborghetti leu assim, apontando com o dedo:
- SUSTO E DESNUTRIÇÃO.
(Um cara desnutrido, se levar um susto, morre, Cadeia!)
...
CADEIA – NO MESMO DIA
- Minha boca não é osso pra andar na boca de cachorro...

DONATO RAMOS

Publicado no Recanto das Letras em 02/06/2008

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

O PT vai expulsar o Jacaré? - Coluna do Fábio Campana

Na reunião de avaliação das eleições, petistas solicitaram à comissão executiva municipal do PT de Curitiba que seja instaurado um processo na comissão de ética para investigar a conduta do militante histórico José Daniel Jacaré, que apoiou a candidatura a vereador de Jairo Marcelino do PDT.

Jacaré durante os últimos dias se envolveu em um conflito com o secretário do PT Florisvaldo Souza o que pode ter sido a causa do pedido de abertura do processo de infidelidade partidária.

fonte: www.fabiocampana.com - 28 de outubro de 2008 - O PT vai expulsar o Jacaré?

13 comentários
  1. Anónimo
    Terça-feira, 28 de Outubro de 2008 – 10:01 hs

    A causa de tal pedido “talvez” seja a indelidade do Jacaré que fez campanha para partido adversário?

  2. Guardalupe!!!
    Terça-feira, 28 de Outubro de 2008 – 10:32 hs

    Tem q expulsar quem tentou fazer aliança com o Carlos Simões e outros gafanhotos.
    Expulsem tbm o Samek, o Stica, o Vanhoni…e os “petistas” q amarelam o partido e ainda bebem vinho de mil reias a garrafa dando gargalhadas da militancia ingenua.

  3. Marcia Rodrigues
    Terça-feira, 28 de Outubro de 2008 – 10:43 hs

    Deu no jornal Horahnews. Pode ser tudo. Pode ser nada: Gafanhotos
    Um membro ilustre do PT do Paraná esta sendo identificado, em depoimentos ao Ministério Público, como o responsável como o operador do esquema Gafanhoto que estão sendo investigados pela Policia Federal.
    O cidadão era quem fazia a coleta do dinheiro todos os meses. Pelos depoimentos recolhidos até o momento o recurso era entregue a um cartola do partido.

  4. Luis Konig
    Terça-feira, 28 de Outubro de 2008 – 12:54 hs

    Atualmente pode tudo. Na nossa querida Contenda/PR, petista, contra os interesses do PT local, apoio candidato adverso. E tudo continua bem entre eles, mas o PT se fragiliza diante destas situações.

  5. Avança contra!
    Terça-feira, 28 de Outubro de 2008 – 12:56 hs

    Jacaré parado vira bolsa!

  6. nilmar
    Terça-feira, 28 de Outubro de 2008 – 13:08 hs

    Todo mundo tinha que ser expulso. Todos os petistas iriam para o PSDB, PP, DEM, PPS, etc, e assumiriam de vez sua condição de pelegos e carreiristas.

  7. Carla Romanelli
    Terça-feira, 28 de Outubro de 2008 – 13:58 hs

    Quem é este Rozinha, paladino da moralidade e da fidelidade partidária,e o jantares nos restaurantes caros que ele dá, quem paga?
    O apoio que ele deu e um auditor Fiscal do Trabalho, que foi fastado da Associação dos mesmos por corrupção e ainda foi pra outros partido.
    O Jacaré tem militância e muito mais Historia
    no Partido e nunca foi um demagogo, Senhor deputado onde anda o Seu fusca Azul Calsinha, que carro tem hoje?
    E Senhor não tem autoridade moral para tomar nenhuma atitude, contra uma atiude do Jacaré até porque poderá ser multado pelo Ibama, ou mandamos o Raska lhe dar uma multa.

  8. Manoel Rosario
    Terça-feira, 28 de Outubro de 2008 – 14:40 hs

    O Jacaré é filho do radialista Paulo Branco que fez história no Paraná. A tentativa de expulsar ele é mais uma burrada do Andre Passos. Igual a coletiva que deu para denunciar o Dr. Ivo como fantasma do gabinete do Beto sendo que trabalhava com o pai dele na Itaipu.

  9. Ze cateto
    Terça-feira, 28 de Outubro de 2008 – 15:12 hs

    Tem que expulsar o Ze Dirceu o Genoino e aqueles que levaram o PT do Parana a essa derrota humilhante…Esses sim cometeram “infelicidade partidaria”

  10. Base PT
    Terça-feira, 28 de Outubro de 2008 – 15:23 hs

    Na verdade agindo assim o PT nunca vai ser nada em Curitiba. Ja perdeu 4 eleições consecutivas e mantem o mesmo discurso e as mesmas pessoas….Acho que ta mais que na hora de um CROCODILO abrir a boca e expulsar esse incompetentes que destruiram o partido em Curitiba…São os mesmos carolas de sempre, Gringo loko, Haydé, Ana celia, Andre Passos e não mais que uma dezena que se acham “os donos do PT” – por isso que sempre perdem eleições…

  11. Daniela
    Terça-feira, 28 de Outubro de 2008 – 19:35 hs

    Ei, tem um sujeito q arrecadou grana dos usineiros de Maringa para fzr o caixa de uma campanha para prefeito. Ele fez a prestação de contas para os doadores e a documentação foi analisada por um fiscal da receita q estranhou como a grana foi distribuida, alguem que foi indicado pelo tal sujeito como recebedor da doação nunca viu ou poderia ter recebido aquele dinheiro e advinhem o q aconteceu? Ele tbm tem q ser expulso.

    noticia q saiu na GP em letrinhas miudas, eu vi.

  12. gringo loko
    Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008 – 16:45 hs

    Foi sitado que eu pedi a comissão de etica para o Daniel(jacare).
    Eu não fiz tal pedido em relação a ele,e sim de um sujeito traidor,sujo,hipócrita, que inclusive ne participou da tal reunião demostrando toda sua covardia.
    Esse tal sujeito foje do debate,como fez durante a campanha.
    Não sou o dono da verdade,mais tb não compárto a tua “verdade” MM.
    Fui,sou e serei contra mensaleiros,oportunistas,neopetistas que so pensam no bem particular e não coletivo.
    MM tu alem de me atacar aqui,fugir do debate,tb saiu do partido antes de explicar algumas coisas,tu sim e um verdadeiro covarde e um traidor,deixa o compánheiro Jacare fora disso.

  13. Lulamolusco - Contenda
    Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009 – 23:00 hs

    O PT DE CONTENDA JÁ NASCEU COM PRAZO DE VALIDADE VENCIDO….
    NÃO SEI COMO ALGUNS AINDA SE AUTODENOMINAM TRABALHADORES…



Aproveite e visite, escreva ou indique também o BLOG do Paulo Branco - Radialista
Veja e baixe os vídeos do Canal Paulo Branco no Vodpod
Ouça todos os áudio em Paulo Branco no Tunepak
Ou escreva para o PB : pbradialista@yahoo.com.br
Bookmark and Share Pingar o BlogBlogs Adicione PB ao Google Reader Add to Technorati Favorites
Subscreva Blog do PB

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Retrospectiva: entrevistas no Blog Paulo Branco

Blog do Paulo Branco Radialista - www.paulobranco.com - pbradialista: Retrospectiva: entrevistas no Blog Paulo Branco

AMOR E PAIXÃO

Autor: Ubiratan Lustosa

Se nós olhássemos as outras pessoas e víssemos nelas criaturas de Deus, certamente as respeitaríamos convenientemente e, mais do que isso, iríamos amá-las com desprendimento. O relacionamento humano seria bem mais elevado, as divergências seriam desfeitas com dignidade e, em conseqüência, o mundo seria bem melhor.

Todas as criaturas são um sinal de Deus, e por elas podemos descortinar a grandeza, o poder, a sabedoria divina que é infinita.

Sob esse conceito jamais poderemos desejar o mal aos outros. Ao contrário, ficaremos felizes com a felicidade das outras pessoas.
E, sob essa ótica, não cabem as violências com as pessoas amadas. E revigora-se a tese: quem ama não mata!

Por certo não é saudável o amor de quem fere ou destrói o ser amado.

A saúde do amor é caracterizada pela generosa doação sem nada se exigir em troca.

O amor pressupõe desprendimento, dedicação, entrega, um permanente esforço para fazer feliz a criatura amada.

O zelo caracteriza o amor. O ciúme é característica da paixão.

O amor é dócil, tranqüilo como a superfície dos lagos.

A paixão é violenta, agitada como os mares procelosos.

O amor preserva a vida e quem ama cerca de cuidados a pessoa amada.

A paixão, com freqüência, conduz à morte, e quem está apaixonado envolve em ameaças a pessoa objeto do seu querer.

O amor é caminho largo e claro. A paixão é viela escura.

O amor é saúde. A paixão é doença. Muitos os confundem e, por isso, há tantos desvios e tantas violências. Substitui-se o carinho pelos maus tratos, troca-se o respeito pela ofensa, e ao invés de se cantar um hino de louvor à vida entoam-se loas enaltecendo à morte.

É preciso que respeitemos a todas as pessoas, especialmente aquelas a quem amamos.

Todo afeto deve ser saudável e ter características construtivas. Isso obteremos vendo nas pessoas criaturas de Deus criadas, como nós, a Sua imagem e semelhança.

Por amor a Deus, dedicar-nos-emos e nos doaremos.

Por amor a Deus, faremos de nós mesmos uma oferenda às pessoas amadas, procurando o seu bem, a sua felicidade, aceitando e respeitando a sua personalidade, compreendendo as suas falhas e deficiências.

E agindo assim, há entendimento, ternura e respeito.

E a violência não tem vez e o crime não existe.

É por esse amor que devemos propugnar.

É esse amor que devemos enaltecer!


(Do livro "NOSSO ENCONTRO", coletânea de crônicas radiofônicas de Ubiratan Lustosa).

sábado, 25 de outubro de 2008

Retrospectiva: entrevistas no Blog Paulo Branco

Hoje, estarei postando todas as entrevistas que alunos do 6º período de jornalismo da UNIBRASIL realizaram com radialistas e que originou num CD (foto ao lado). Como já demonstramos em artigos anteriores, foi por meio de entrevistas ao vivo, que os acadêmicos tiveram a oportunidade única de mesclar exercício jornalístico e resgate histórico, em uma série de programas batizados de "ZYZ - o rádio contado por quem fez história", um projeto sob a supervisão da professora Thays Poletto.

Também, material relativo ao
projeto "Depoimentos", que procurou registrar em vídeo, um pouco da história do Rádio do Paraná. Assim começa o relato de Marcio Veiga Costa neste curta-metragem RadioOndas Paranaenses. A Concepção e Direção foi do TiomKim, com Edição/Finalização/Sonosplatia de Daniel Corrêa, e Produção Executiva da Cine Roll Produtora.

Bom rever matéria da semana em que comemorou-se o Dia do Rádio e da Radiodifusão, e o Dia do Radialista, quando estive na TV Educativa, Programa ENFOQUE. Lá, com o experiente radialista Renato Mazanek, falamos um pouco de nossa profissão, no programa apresentado pela jornalista Patrícia Matuchewski.


Por fim, entrevistas realizadas na Rádio CBN/Curitiba, apresentadas pelos jornalistas José Willi e Luiz G. Mazza.

Quem já viu e ouviu, taí outra oportunidade. Quem ainda não ouviu, taí a oportunidade. Espero que gostem. Até.

Clique na matéria desejada:
  1. RadioOndas Paranaenses, o curta-metragem
  2. Programa Enfoque - TV Educativa - por Patrícia Matuchewski
  3. Entrevista com José Maria Pizarro - por Paulo Branco
  4. ZYZ - o rádio contado por quem fez história - Rosaldo Pereira
  5. ZYZ - o rádio contado por quem fez história - Silvio de Tarso
  6. ZYZ - o rádio contado por quem fez história - Sinval Martins e José Tadeu Basso
  7. ZYZ - o rádio contado por quem fez história - Mario Celso
  8. ZYZ - o rádio contado por quem fez história - Ubiratan Lustosa
  9. ZYZ - o rádio contado por quem fez história - Paulo Branco
  10. Entrevista com Elon Garcia - por José Willi e Luiz G. Mazza
  11. Entrevista com Paulo Branco - por José Willi e Luiz G. Mazza

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Paulo Branco entrevistado por Willi e Mazza

Logo no início do meu Blog, disse que hesitei muito em tomar a decisão de enfrentar esta máquina maravilhosa, o tal do computador e seus tentáculos: Internet, WEB, programas e tantos outros. Até agora, acredito que estou dando conta do recado, sempre com ajuda dos amigos que têm escrito e ajudado a deixar o Blog com matérias diárias. No início, o Blog ainda não tinha as ferramentas de audio e vídeo que estou utilizando hoje em dia. Por isso, acabei deixando de postar uma entrevista, que dei na CBN de Curitiba, para os grandes José Willi e Luiz G. Mazza. Esta, foi "pro ar" no dia 29 de agosto de 2007, quando falava um pouco da minha história no Rádio, e acabei anunciando no ar, que meu contato era apenas por telefone, nada de computador. Disse que computador era coisa pro meu filho, que entendia do dito cujo. Quem diria que estaria, pouco tempo depois, postando num Blog. Não sabia nem o nome, nem como seria, mas incentivado por familiares, topei. Na matéria "Novato, mais uma vez... navegando", eu conto o início via cursinho do SESC e ajuda do meu filho e professor, o José Daniel. Graças a Deus, neste um ano após a entrevista, o blog do Paulo Branco Radialista é uma realidade. Obrigado amigos pela grande ajuda. Obrigado meu Deus. Estou muito feliz.

Paulo Branco: Entrevistado por Willi e Mazza


quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Messias amansa Jacaré - por Eduardo Schneider - horahnews

Em sua missão pela paz dentro do PT, Messias Silva foi visto ontem conversando o Jacaré, não o do Parque Barigui, mas com José Daniel – o Jacaré do PT.

Aquele que anda as turras com a cúpula partidária. Messias que incorporou o espírito do original, do JC, foi em missão de paz e disse: quando te batem em uma face oferece a outra Jacaré.

Jacaré não se convenceu. Daí o Messias, para descontrair, contou aquela anedota da loura que queria um sapato de jacaré. Jacaré riu tanto que de seus olhos escorreram lágrimas de crocodilo.

Fonte - Coluna do Eduardo Schneider - horahnews

Bookmark and Share Pingar o BlogBlogs Adicione PB ao Google Reader Add to Technorati Favorites

Subscreva dabocadojacare




Elon Garcia, um pouco da sua história

Quando escrevi neste Blog sobre minhas andanças pela Guairacá, contei uma história sobre o Elon Garcia, grande amigo. A matéria Que divulgação, hein? - Sexta-feira, 25 de Abril de 2008, conta como fiz para promover meu nome para um programa que fazia na emissora.

Pretendia logo depois, fazer uma entrevista com Elon para o Blog. Encontrei com ele nas homenagens realizadas pelo Museu da Imagem e do Som (MIS), já relatadas no Blog. Soube duma entrevista sobre a sua carreira, quando foi entrevistado pelo Wille e Mazza na CBN/Curitiba, e como a entrevista atende muito bem a minha intençao, resolvi colocá-la no Blog. Aproveitei então o audio, através do sítio do José Willi - www.jws.com.br -, e algumas imagens que consegui do Elon.

Antesa de ouvir o VídeoSlide, vejamos o que foi dito na Câmara Municipal de Curitiba, qundo Elon da Silva Garcia foi agraciado com a distinção honorífica "Prêmio Colunista Dino Almeida", na categoria "Publicitário, Radialista, Ator-Produtor":

- Falar de Elon Garcia é falar de uma figura conhecidíssima em Curitiba, principalmente por causa de sua imagem na televisão local. Quem não se lembra de seu rosto simpático anunciando produtos das Lojas HM e das lojas Disapel ? De sua dicção impecável e de sua voz, que convencia a todos a comprar o que anunciava ?

- Ele iniciou sua vida profissional em 1952, como locutor na Rádio Guairacá. Continuou no ramo na PRB2 e na Emissora Paranaense, mantendo programas de grande audiência popular, patrocinados pelas Lojas HM. Com experiência e jeito para comunicador, foi dos primeiros a participar dos testes de televisão em Curitiba, nos anos de 1957 e 1958, ainda em circuito fechado. Já com com os canais abertos instalados, Elon tinha presença garantida nas telas como "garoto-propaganda" dos mais requisitados.

- Autodidata em matéria de marketing, não deixou de atuar em rádio e televisão, passando também pela Rádio Independência (Departamento Comercial) e algum tempo em Joinville, assessorando as Lojas Freitag. Pelo menos, desde 1965, ele tem um associação plena de imagem com as Lojas Disapel. Sua iniciativa como "marketeiro" provocou um resultado inesperado de vendas de geladeiras na, então pequena, loja. Com uma faixa e anúncios em rádios, liqüidou rapidamente o estoque de geladeiras, recebido em consignação, e continuou "para sempre" como Assessor de Marketing e Publicidade da Disapel. Adotando o estilo "varejão", de acordo com o perfil do consumidor, criou campanhas antológicas, e se especializou em batizar produtos com nomes curiosos (dormitórios, salas e cozinhas), sempre vendidos com o "precinho Disapel, a mais simpática !". Quem não se lembra das ofertas com pagamento inicial de um cruzeiro, ou "apenas um beija-flor de entrada" ?

- Elon Garcia fundou sua própria agência de publicidade, a Elon Garcia Publicidade S/C, em 10 de dezembro de 1971. Em pouco tempo, já era uma das mais procuradas de Curitiba.

- Mas Elon Garcia foi, também, uma das primeiras figuras da televisão do Paraná, quando participou da inauguração da TV Paranaense Canal 12, em 29 de outubro de 1960. Durante o evento, foi o Mestre de Cerimônias, aparecendo no momento do descerramento da fita inaugural. E, também foi um assíduo "garoto-propaganda", reconhecido hoje, como um dos primeiros rostos a aparecer na tela da televisão, "oficialmente".

Bem, mas o melhor é ouvir tudo isso na voz do próprio Elon, e na brilhante apresentação do Willi e do Mazza. Vamos conferir então como ficou?

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Rosaldo Pereira conta sua história na ZYZ

Rosaldo Pereira (foto de Mauro Frasson, ao lado) já perdeu as contas de quantas cartas leu em seu ‘‘Quadro Casamenteiro’’, programa que apresenta na Rádio Colombo 1.020 kHz AM, de Curitiba, desde 1982. Os convites para os casamentos de pessoas que se conheceram pela emissora ele parou de guardar e contar quando chegaram aos quatro mil, o que aconteceu há oito anos. ‘‘O mais interessante foi a história de um casal que estava se correspondendo por cartas. Você não imagina o susto deles quando se encontraram. Os dois eram vizinhos há décadas e moravam a três quadras um do outro’’, conta Rosaldo, que afirma que os dois estão juntos até hoje.

Baile é ponto de encontro dos casais

As sextas, sábados e domingos acontece o Clube dos Solitários: em nome do amor. Lá, librianas carentes, leões solitários e geminianos à procura se encontram. Nas sextas-feiras, tem aula de dança. Neiva de Fátima, 49 anos, coordena o grupo de professores voluntários. ‘‘Hoje, as mulheres estão muito mais atacadas e chegam junto nos homens’’, conta a professora que também conheceu seu marido ali, em 2004. ‘‘Eu cheguei para ele, que tem a metade da minha idade, e disse: ‘Dançamos de um jeito parecido. Vamos fazer isso juntos?’.’’

Assim começa mais uma reportagem sobre Rosaldo Pereira ( vide matéria no Blog do Rafael Urban - http://materiaspublicadas.blogspot.com/2008/07/clube-da-solido.html ).


No salão, os casais dançam agarradinhos, o que tem atraído a presença dos mais jovens - foto Diego Singh


Mas o Rosaldo tem muito mais na história do Rádio, e nós podemos ouvir tudo no CD que alunos do 6º ano de Jornalismo da UNIBRASIL elaboraram. Outros radialistas entrevistados pelos alunos já estão postados neste Blog. Hoje, vamos conhecer um pouco mais da história do Rosaldo Pereira. Vamos ver a agradável conversa que o Anderson da Silva, aluno da UNIBRASIL teve com Rosaldo. Vale a pena conferir.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Deu na imprensa: Jornalismo da UNIBRASIL e radialistas no ZYZ

Alunos entrevistam grandes nomes da história do rádio

O rádio transformou a vida das pessoas. Quem não acompanhava a programação radiofônica já foi considerado “fora da realidade”. A rádio novela era o sucesso na época em que a televisão era um apenas um sonho no Brasil. Abalava e prendia o receptor para não perder nenhuma parte. Os profissionais daquele tempo viviam do desejo de cada dia transmitir algo mais para o ouvinte. Esses foram os relatos de Paulo Branco, Ubiratan Lustosa, José de Bastos, Silvio de Tarso, Mario Celso Cunha, Rosaldo Pereira, José Basso e Fernando Gomes, profissionais do rádio que participaram do programa ZYZ (“onde a rádio e o jornalismo se encontram”), programa realizado pelos alunos do sexto período de Jornalismo da Unibrasil (6º JOAN).

A primeira transmissão no Paraná foi em 27 de junho de 1924 pela Rádio Clube Paranaense, o jornalismo que se fazia era diferente do que se faz hoje. Esses nomes que contribuíram para a história do rádio estiveram do outro lado da mesa para comentar essas diferenças, relatar sobre a história do rádio e sua evolução tecnológica, descrever como eram as rádio novelas e como se fazia as transmissões. Tranqüilos e satisfeitos responderam perguntas e corresponderam ao tempo de 15 minutos. Os estudantes Marcus Vinícius, Matheus Crocoli, Estela Piardi e Adriano Gomes estavam ansiosos e inquietos por estar na frente de grandes radialistas, mas preparados e confiantes.

Sob a direção da professora de rádio Thais Poletto, os estudantes preparam uma versão da entrevista com vídeo e fotografias. Os entrevistados receberão uma cópia deste material e segundo a professora os alunos tiveram um bom desempenho. Para registrar o fato, Paulo Branco publicou em seu blog http://www.paulobranco.com/2008/08/pb-entrevistado-por-formandos-da.html.


Bookmark and Share Pingar o BlogBlogs Adicione PB ao Google Reader Add to Technorati Favorites

Subscreva dabocadojacare




domingo, 19 de outubro de 2008

Silvio de Tarso no ZYZ

O comentarista esportivo Sílvio de Tarso, da Rádio e TV Paraná Educativa, já teve outros dois nomes “artísticos”: Sílvio Roberto (até os anos 80) e Sílvio Silva (90). Hoje ele é o entrevistado no programa "ZYZ - o rádio contado por quem fez história". A entrevista faz parte de um CD, gravado por 25 alunos do 6º período de Jornalismo, noturno, da UNIBRASIL. "Em sete programas buscamos resgatar informações sobre jornalismo, radiodramaturgia, cobertura esportiva, relações com o governo, censura, expectativas sobre o futuro do rádio e muitas histórias de locutor", explica a estudante Stefhany Zgoda. O trabalho foi orientado pela professora o e realizado na disciplina de Laboratório de Radiojornalismo.

Entrevistados

Sobre programas de variedades e jornalismo, foram entrevistados os locutores Ubiratan Lustosa (já reproduzido no Blog), Rosaldo Pereira e Paulo Branco (já reproduzido), todos com mais de 50 anos de atuação. Eles trazem viva a memória dos programas ao vivo, relação entre ouvintes e rádio, problemas técnicos, a relação com órgãos de poder e histórias que marcaram suas vidas profissionais. Sobre as radionovelas no Rádio paranaense, foram entrevistados José Tadeu Basso e Sinval Martins, também já reproduzidos neste Blog.

Agora, trazemos jornalismo e cobertura esportiva, matéria que o ZYZ realizou com o jornalista e radialista Sílvio de Tarso, que nos conta sobre as dificuldades técnicas na transmissão esportiva, como também relata os problemas com a censura na produção de reportagens.
Aproveite e ouça a bela história do Silvio, que iniciou sua careira na Rádio Curitibana, em 1966, na equipe de Aloar Dias Ribeiro.

Silvio de Tarso no ZYZ

O comentarista esportivo Sílvio de Tarso, da Rádio e TV Paraná Educativa, já teve outros dois nomes “artísticos”: Sílvio Roberto (até os anos 80) e Sílvio Silva (90). Hoje ele é o entrevistado no programa "ZYZ - o rádio contado por quem fez história". A entrevista faz parte de um CD, gravado por 25 alunos do 6º período de Jornalismo, noturno, da UNIBRASIL. "Em sete programas buscamos resgatar informações sobre jornalismo, radiodramaturgia, cobertura esportiva, relações com o governo, censura, expectativas sobre o futuro do rádio e muitas histórias de locutor", explica a estudante Stefhany Zgoda. O trabalho foi orientado pela professora o e realizado na disciplina de Laboratório de Radiojornalismo.

Entrevistados

Sobre programas de variedades e jornalismo, foram entrevistados os locutores Ubiratan Lustosa (já reproduzido no Blog), Rosaldo Pereira e Paulo Branco (já reproduzido), todos com mais de 50 anos de atuação. Eles trazem viva a memória dos programas ao vivo, relação entre ouvintes e rádio, problemas técnicos, a relação com órgãos de poder e histórias que marcaram suas vidas profissionais. Sobre as radionovelas no Rádio paranaense, foram entrevistados José Tadeu Basso e Sinval Martins, também já reproduzidos neste Blog.

Agora, trazemos jornalismo e cobertura esportiva, matéria que o ZYZ realizou com o jornalista e radialista Sílvio de Tarso, que nos conta sobre as dificuldades técnicas na transmissão esportiva, como também relata os problemas com a censura na produção de reportagens.
Aproveite e ouça a bela história do Silvio, que iniciou sua careira na Rádio Curitibana, em 1966, na equipe de Aloar Dias Ribeiro.

sábado, 18 de outubro de 2008

Caros Ouvintes: ZYZ - o rádio contado por quem fez história

ZYZ - o rádio contado por quem fez história

15/10/08

Ubiratan Lustosa fala para alunos de jornalismo da UniBrasil de Curitiba. A entrevista concedida ao acadêmico Matheus Amorim está publicada no Radialista, o blog do Paulo Branco. Confira: http://pbradialista.blogspot.com


Fonte: http://www.carosouvintes.org.br/blog/?p=1127

Caros Ouvintes: ZYZ - o rádio contado por quem fez história

ZYZ - o rádio contado por quem fez história

15/10/08
Ubiratan Lustosa fala para alunos de jornalismo da UniBrasil de Curitiba. A entrevista concedida ao acadêmico Matheus Amorim está publicada no Blog do Paulo Branco Radialista. Confira: http://www.paulobranco.com


Fonte: http://www.carosouvintes.org.br/blog/?p=1127

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

A história das radionovelas no Paraná, contadas no "ZYZ"

Mais entrevistas que alunos do 6º período de jornalismo da UNIBRASIL realizaram com radialistas e que originou num CD (foto ao lado). Como já demonstramos em artigos anteriores, foi por meio de entrevistas ao vivo, que os acadêmicos tiveram a oportunidade única de mesclar exercício jornalístico e resgate histórico, em uma série de programas batizados de "ZYZ - o rádio contado por quem fez história", um projeto sob a supervisão da professora Thays Poletto.

Na produção da série atuaram os alunos: Adriano César Gomes, Adriano Valenga Carneiro, Ana Carolina Andrade da Silva, Anderson Leandro da Silva, Bruna Rodrigues Magno, Danielle Scheffelmeier Mei, Francieli Regina Galo, Guilherme Pinto Dala Barba, Heitor Hayashi, Isabel Cristina de SouzaLuiz Augusto Gomes Júnior, Marcus Vinícius Schroeder, Mariane Adriane Correia, Matheus Crocoli Amorim, Michael Alcione Baron Rojo, Oscar Ariel Colaço, Paula Valeska Ferronato, Rafael Adamowski, Rafaella Siqueira Rodrigues de Oliveira, Robson Louriel Albuquerque da Silva, Silvana Rosa Vicente, Stefhany Aline Zgoda, Stela Piardi e Thiago Marcelo Paes. A turma contou com o apoio dos técnicos Aline Pereira e André e do publicitário Nilson Müller. Peixinho, Kleverson Lopes dos Santos Paz,

Hoje, estaremos reproduzindo as entrevistas com José Tadeu Basso
e Sinval Martins, da área da dramartugia. Ambos destacaram-se na realização de radionovelas e radioteatros, programas muito ouvidos na época
....
Veja os Vídeos SlideShow com 15 min. de entrevista com Sinval Martins (vídeo 1) e José Basso (vídeo 2). Vale a pena conferir mais estes importantes momentos da história da dramartugia no Rádio Paranaense.

1.Entrevista com Sinval Martins



2. Entrevista com José Basso

A história das radionovelas no Paraná, contadas no "ZYZ"

Mais entrevistas que alunos do 6º período de jornalismo da UNIBRASIL realizaram com radialistas e que originou num CD (foto ao lado). Como já demonstramos em artigos anteriores, foi por meio de entrevistas ao vivo, que os acadêmicos tiveram a oportunidade única de mesclar exercício jornalístico e resgate histórico, em uma série de programas batizados de "ZYZ - o rádio contado por quem fez história", um projeto sob a supervisão da professora Thays Poletto.

Na produção da série atuaram os alunos: Adriano César Gomes, Adriano Valenga Carneiro, Ana Carolina Andrade da Silva, Anderson Leandro da Silva, Bruna Rodrigues Magno, Danielle Scheffelmeier Mei, Francieli Regina Galo, Guilherme Pinto Dala Barba, Heitor Hayashi, Isabel Cristina de SouzaLuiz Augusto Gomes Júnior, Marcus Vinícius Schroeder, Mariane Adriane Correia, Matheus Crocoli Amorim, Michael Alcione Baron Rojo, Oscar Ariel Colaço, Paula Valeska Ferronato, Rafael Adamowski, Rafaella Siqueira Rodrigues de Oliveira, Robson Louriel Albuquerque da Silva, Silvana Rosa Vicente, Stefhany Aline Zgoda, Stela Piardi e Thiago Marcelo Paes. A turma contou com o apoio dos técnicos Aline Pereira e André e do publicitário Nilson Müller. Peixinho, Kleverson Lopes dos Santos Paz,

Hoje, estaremos reproduzindo as entrevistas com José Tadeu Basso
e Sinval Martins, da área da dramartugia. Ambos destacaram-se na realização de radionovelas e radioteatros, programas muito ouvidos na época
....
Veja os Vídeos SlideShow com 15 min. de entrevista com Sinval Martins (vídeo 1) e José Basso (vídeo 2). Vale a pena conferir mais estes importantes momentos da história da dramartugia no Rádio Paranaense.

1.Entrevista com Sinval Martins



2. Entrevista com José Basso

Deu na imprensa - UniBrasil faz homenagem a radialistas

Incluido por: criselli - Data: 2/10/2008


Além de palestras e oficinas, o II Ciclo de Debates sobre Jornalismo e Novas Produções Universitárias também prestou uma homenagem aos radialistas do Paraná, pela comemoração dos 85 anos de rádio no estado. Nesta quarta, 1º de outubro, durante o evento, a UniBrasil lançou o CD "ZYZ, o rádio contado por quem fez história", com uma série de entrevistas que resgatam a memória do rádio no Paraná.

Entre os entrevistados estão: Ubiratan Lustosa, Rosaldo Pereira, Paulo Branco, Sílvio de Tarso, Sinval Martins, José Tadeu Basso, Mario Celso Cunha. Eles foram convidados para a abertura do Ciclo de Debates e receberam uma cópia do CD. Logo depois foi realizada a palestra "A sociedade enfrenta a sua mídia", com o professor José Luiz Braga, da Unisinos, no Rio Grande do Sul.

Os programas foram gravados por 25 alunos do 6º período de Jornalismo, noturno. "Em sete programas buscamos resgatar informações sobre jornalismo, radiodramaturgia, cobertura esportiva, relações com o governo, censura, expectativas sobre o futuro do rádio e muitas histórias de locutor", explica a estudante Stefhany Zgoda. O trabalho foi orientado pela professora Thays Poletto e realizado na disciplina de Laboratório de Radiojornalismo.

Entrevistados

Sobre programas de variedades e jornalismo, foram entrevistados os locutores Ubiratan Lustosa, Rosaldo Pereira e Paulo Branco, todos com mais de 50 anos de atuação. Eles trazem viva a memória dos programas ao vivo, relação entre ouvintes e rádio, problemas técnicos, a relação com órgãos de poder e histórias que marcaram suas vidas profissionais.

Sobre jornalismo e cobertura esportiva, o ZYZ entrevistou o jornalista e radialista Sílvio de Tarso, que conta sobre as dificuldades técnicas na transmissão esportiva e também relata os problemas com a censura na produção de reportagens.

Da área da dramaturgia, vieram as entrevistas com Sinval Martins e José Tadeu Basso. Ambos destacaram-se na realização de radionovelas e radioteatros, programas muito ouvidos na época. O mais novo dos entrevistados é Mario Celso Cunha. Filho do primeiro locutor do Paraná, Jacinto Cunha, e da rádio-atriz Zezé Ribas, ele está no ar há mais de 40 anos.

Equipe

Na produção da série atuaram os alunos: Adriano César Gomes, Adriano Valenga Carneiro, Ana Carolina Andrade da Silva, Anderson Leandro da Silva, Bruna Rodrigues Magno, Danielle Scheffelmeier Mei, Francieli Regina Galo, Guilherme Pinto Dala Barba, Heitor Hayashi, Isabel Cristina de Souza Peixinho, Kleverson Lopes dos Santos Paz, Luiz Augusto Gomes Júnior, Marcus Vinícius Schroeder, Mariane Adriane Correia, Matheus Crocoli Amorim, Michael Alcione Baron Rojo, Oscar Ariel Colaço, Paula Valeska Ferronato, Rafael Adamowski, Rafaella Siqueira Rodrigues de Oliveira, Robson Louriel Albuquerque da Silva, Silvana Rosa Vicente, Stefhany Aline Zgoda, Stela Piardi e Thiago Marcelo Paes. A turma contou com o apoio dos técnicos Aline Pereira e André e do publicitário Nilson Müller.

Congresso

O relato sobre o trabalho realizado foi transformado por alunos e pela professora no artigo "85 anos de rádio no Paraná: a recuperação da memória histórica do veículo pelo programa ZYZ", que foi aceito e será apresentado no VI Encontro Paranaense de Pesquisa em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), realizado naquela cidade de 7 a 9 de outubro de 2008.

Fotos: Adriano Carneiro e Stefhany Zgoda, acadêmicos do 6º período de Jornalismo.
Reportagem: Thays Poletto, professora da UniBrasil.

Adriano Carneiro

Sobre programas de variedades e jornalismo, foram entrevistados locutores com mais de 50 anos de atuação

Adriano Carneiro

Os programas foram gravados por 25 alunos do 6º período de Jornalismo, noturno

Stefhany Zgoda


A UniBrasil lançou o CD "ZYZ, o rádio contado por quem fez história"


Fonte:^http://www.unibrasil.com.br/noticias/detalhes.asp?id_noticia=3769

Deu na imprensa - UniBrasil faz homenagem a radialistas

Incluido por: criselli - Data: 2/10/2008


Além de palestras e oficinas, o II Ciclo de Debates sobre Jornalismo e Novas Produções Universitárias também prestou uma homenagem aos radialistas do Paraná, pela comemoração dos 85 anos de rádio no estado. Nesta quarta, 1º de outubro, durante o evento, a UniBrasil lançou o CD "ZYZ, o rádio contado por quem fez história", com uma série de entrevistas que resgatam a memória do rádio no Paraná.

Entre os entrevistados estão: Ubiratan Lustosa, Rosaldo Pereira, Paulo Branco, Sílvio de Tarso, Sinval Martins, José Tadeu Basso, Mario Celso Cunha. Eles foram convidados para a abertura do Ciclo de Debates e receberam uma cópia do CD. Logo depois foi realizada a palestra "A sociedade enfrenta a sua mídia", com o professor José Luiz Braga, da Unisinos, no Rio Grande do Sul.

Os programas foram gravados por 25 alunos do 6º período de Jornalismo, noturno. "Em sete programas buscamos resgatar informações sobre jornalismo, radiodramaturgia, cobertura esportiva, relações com o governo, censura, expectativas sobre o futuro do rádio e muitas histórias de locutor", explica a estudante Stefhany Zgoda. O trabalho foi orientado pela professora Thays Poletto e realizado na disciplina de Laboratório de Radiojornalismo.

Entrevistados

Sobre programas de variedades e jornalismo, foram entrevistados os locutores Ubiratan Lustosa, Rosaldo Pereira e Paulo Branco, todos com mais de 50 anos de atuação. Eles trazem viva a memória dos programas ao vivo, relação entre ouvintes e rádio, problemas técnicos, a relação com órgãos de poder e histórias que marcaram suas vidas profissionais.

Sobre jornalismo e cobertura esportiva, o ZYZ entrevistou o jornalista e radialista Sílvio de Tarso, que conta sobre as dificuldades técnicas na transmissão esportiva e também relata os problemas com a censura na produção de reportagens.

Da área da dramaturgia, vieram as entrevistas com Sinval Martins e José Tadeu Basso. Ambos destacaram-se na realização de radionovelas e radioteatros, programas muito ouvidos na época. O mais novo dos entrevistados é Mario Celso Cunha. Filho do primeiro locutor do Paraná, Jacinto Cunha, e da rádio-atriz Zezé Ribas, ele está no ar há mais de 40 anos.

Equipe

Na produção da série atuaram os alunos: Adriano César Gomes, Adriano Valenga Carneiro, Ana Carolina Andrade da Silva, Anderson Leandro da Silva, Bruna Rodrigues Magno, Danielle Scheffelmeier Mei, Francieli Regina Galo, Guilherme Pinto Dala Barba, Heitor Hayashi, Isabel Cristina de Souza Peixinho, Kleverson Lopes dos Santos Paz, Luiz Augusto Gomes Júnior, Marcus Vinícius Schroeder, Mariane Adriane Correia, Matheus Crocoli Amorim, Michael Alcione Baron Rojo, Oscar Ariel Colaço, Paula Valeska Ferronato, Rafael Adamowski, Rafaella Siqueira Rodrigues de Oliveira, Robson Louriel Albuquerque da Silva, Silvana Rosa Vicente, Stefhany Aline Zgoda, Stela Piardi e Thiago Marcelo Paes. A turma contou com o apoio dos técnicos Aline Pereira e André e do publicitário Nilson Müller.

Congresso

O relato sobre o trabalho realizado foi transformado por alunos e pela professora no artigo "85 anos de rádio no Paraná: a recuperação da memória histórica do veículo pelo programa ZYZ", que foi aceito e será apresentado no VI Encontro Paranaense de Pesquisa em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), realizado naquela cidade de 7 a 9 de outubro de 2008.

Fotos: Adriano Carneiro e Stefhany Zgoda, acadêmicos do 6º período de Jornalismo.
Reportagem: Thays Poletto, professora da UniBrasil.

Adriano Carneiro

Sobre programas de variedades e jornalismo, foram entrevistados locutores com mais de 50 anos de atuação

Adriano Carneiro

Os programas foram gravados por 25 alunos do 6º período de Jornalismo, noturno

Stefhany Zgoda


A UniBrasil lançou o CD "ZYZ, o rádio contado por quem fez história"


Fonte:^http://www.unibrasil.com.br/noticias/detalhes.asp?id_noticia=3769

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Mario Celso e a entrevista no "ZYZ - O Rádio contado por quem fez história"

Nova entrevista que alunos do 6º período de jornalismo da UNIBRASIL realizaram com radialistas e que originou num CD.Por meio de entrevistas ao vivo, os acadêmicos tiveram a oportunidade única de mesclar exercício jornalístico e resgate histórico, em uma série de programas batizados de "ZYZ - o rádio contado por quem fez história", um projeto sob a supervisão da professora Thays Poletto.

Hoje, estaremos reproduzindo a entrevista com Mario Celso Cunha. Outros entrevistados foram: Ubiratan Lustosa ( já publicada), Sílvio de Tarso, Sinval Martins, Rosaldo Pereira, José Tadeu Basso e Paulo Branco (já publicada).

Veja o Video SlideShow com 15 min. de entrevista com meu caro amigo Mario Celso, que hoje é um brilhante parlamentar na Câmara Munical de Curitiba. Vale a pena conferir a sua história no Rádio Paranaense.

Mario Celso e a entrevista no "ZYZ - O Rádio contado por quem fez história"

Nova entrevista que alunos do 6º período de jornalismo da UNIBRASIL realizaram com radialistas e que originou num CD.Por meio de entrevistas ao vivo, os acadêmicos tiveram a oportunidade única de mesclar exercício jornalístico e resgate histórico, em uma série de programas batizados de "ZYZ - o rádio contado por quem fez história", um projeto sob a supervisão da professora Thays Poletto.

Hoje, estaremos reproduzindo a entrevista com Mario Celso Cunha. Outros entrevistados foram: Ubiratan Lustosa ( já publicada), Sílvio de Tarso, Sinval Martins, Rosaldo Pereira, José Tadeu Basso e Paulo Branco (já publicada).

Veja o Video SlideShow com 15 min. de entrevista com meu caro amigo Mario Celso, que hoje é um brilhante parlamentar na Câmara Munical de Curitiba. Vale a pena conferir a sua história no Rádio Paranaense.

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html