quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Lula, chulé ou bromidose?

Raramente comento fatos políticos, mas o assunto do momento é a popularidade do Presidente Lula. O tema é debatido cotidianamente, uns achando que são pesquisas manipuladas e que são feitas quase que inteiramente no Norte e Nordeste do país. Pois então vou dizer o que eu acho: - "TEVE ALGUÉM QUE "ACHOU" E NUNCA MAIS ACHARAM ELE".

Lula não tem mêdo de ser feliz, e ele, é ele mesmo, como nunca um presidente brasileiro ousou ser. Não ficou metido a besta depois de eleito, não tem receio de aparecer suado frente às câmeras de TV. Fala em chulé, ao invés de bromidose ( e quem não tem?). Gosta de uma pinguinha brasileira, de festa, de pescaria, de viajar, churrasco. Não é um cara difícil, dá suas cassetadas como homem simples. Não estou falando do "sifu", pois o povão concorda.

Foi pobre, e sabe o que é passar fome, ver seus irmãos na mesma situação. Veio com Pau-de-arara. Aqui no Sul, muita gente já ouviu falar no Pau-de-arara, mas nunca viu ou sabe direito como é o "bicho". Ouça, leia esta letra de Luiz Gonzaga, e imagine:



  • Vídeo - Pau de arara / (com: Lia Veras e Eduardo Holanda)
    fonte: vagalume.uol.com


    Luiz Gonzaga

    Letra - Pau de arara / (Luiz Gonzaga / Guio de Moraes)

    Quando eu vim do sertão,
    seu môço, do meu Bodocó
    A malota era um saco
    e o cadeado era um nó
    Só trazia a coragem e a cara
    Viajando num pau-de-arara
    Eu penei, mas aqui cheguei (bis)
    Trouxe um triângulo, no matolão
    Trouxe um gonguê, no matolão
    Trouxe um zabumba dentro do matolão
    Xóte, maracatu e baião
    Tudo isso eu trouxe no meu matolão

    Lula, desfruta do bom e do melhor, pode, ele é o presidente. Qualquer um na mesma situação, diria: - "Eu mereço!!! E porquê ele não merece..., só eu mereço?

    Gosta de bater uma bolinha nos finais de semana, e quem não gosta? O que faziam os presidentes antes dele? Pouco se sabia, porque era tudo na moita. O Lula se mostra. Não vai esquiar nos Alpes e nem fala em Sourbone. Fala como eu, como nós. Alguns gostariam que ele dissesse: - "Meu Deus, a crise chegou aqui também, vai acabar com bancos...". Ora, pra que? Haveria uma corrida aos bancos, e aconteceria a quebradeira. É claro que ele deve falar com otimismo, entusiasmado, não mostrar receio.

    O que quero dizer, é que não há segrêdo nenhum, não há manipulação. Existe um político que fala como o povo, abraça a patuléia, ri abertamente e gosta, como qualquer um de nós, do que é bom.

    Não tenho partido político, por isso digo o que digo, certo ou errado. Tenho coragem para dar minha opinião, desapaixonadamente.

    É isso aí Presidente, bola pra frente... E que Deus te proteja!

    O sábio nunca faz exibição de grandeza própria, e por isso consegue ser grande
    (Jorge Luis Borges, escritor)


    Paulo Branco, "amor, salud y plata"

    Nenhum comentário:

    FIQUE BEM INFORMADO.

    Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html