quinta-feira, 23 de julho de 2009

O FIES e a contrapartida social

Projeto do governo federal, em tramitação no Congresso, trata de amenizar o "calote" dos estudantes no FIES ( Financiamento Estudantil), cuja inadimplência chega a quase 11%. Seguinte: o estudante pagaria sua dívida quando formado, especialmente em Licenciatura ou Medicina, atuando em escolas e postos de saúde. Pois bem. Em 1982, quando eu apresentava o programa " Cidade Agora", das 17 às 19 horas na Rádio Cidade de Curitiba, abordei este tema dando uma sugestão. O médico, por exemplo, que estudou com dinheiro do contribuinte, deveria de cada 10 consultas, dedicar duas ou três gratuitas para pessoas carentes. Ou senão, por um tempo determinado, dar expediente voluntário em equipamento público, principalmente nas pequenas e médias cidades brasileiras. Talvez algo como médico da família. Além da experiência que iria adquirir, estaria retribuindo e servindo a sociedade que o auxiliou. Hoje chamam de "contrapartida social". Minha nossa, a casa quase caiu. Recebi saraivada de telefonemas me criticando e "otras cositas más". Poucos elogios. Muita paulada. Tudo bem, passados quase trinta anos, está acontecendo algo que já deveria ter acontecido a muito tempo. Estou feliz, minha idéia viajou no tempo e no espaço, mas enfim pousou em plagas brasileiras. Viva eu, viva tú. Viva o rabo do tatú.

Paulo Branco, "amor, salud y plata"

Clique e escreva para: pbradialista@yahoo.com.br

Clique abaixo e subescreva o BLOG do Paulo Branco - Radialista

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html