quarta-feira, 26 de agosto de 2009

O maior desejo dos curitibanos


Em Curitiba, basta uma chuva um pouco mais forte e as ruas da cidade ficam todas esburacadas. Passado o chuvaréu, vem uma empresa terceirizada pela Prefeitura Municipal e enche os buracos com uma pasta escura, que mais parece grafite do que asfalto. Pobre remendo. As suspeitas se concretizam e logo após a próxima chuva, iniciam-se "novas obras".

É um tal de abre buraco, fecha buraco, com a dita massa que sairá de seu leito assim que chover novamente. E as ruas mais consertadas são aquelas pelas quais transitam os ônibus. E pior, cada vez que chove, o contribuinte paga um conserto. Vejam uma matéria que li no Blog Democracia e Liberdade (Fernando Raphael) - Asfalto é o maior desejo dos curitibanos:


-"Num texto na Gazeta do Povo de domingo discute-se o resultado da pesquisa que fora feita entre os curitibanos em 2008, às vésperas das eleições municipais e o compara com outra, feita nos anos 1970 antes da principais "soluções" urbanistas serem implementadas na cidade. A principal reivindicação dos curitibanos era, e ainda é, por pavimentação adequada nas ruas.

Quando as pessoas dizem que os buracos na rua e a falta de asfalto são os principais problemas eles estão certos nas suas prioridades. A falta de asfalto, é uma das principais causas de doenças respiratórias. Isto porque a quantidade de pó que os veículos levantam com o atrito dos pneus é muito superior a quantidade de particulados que emitem por seus escapamentos. Asfalto de qualidade reduz a quantidade de pó em suspensão e melhora a saúde da população.

Uma rua esburacada também facilita o processo de levantamento de pó, porque o buraco é um pedaço da via sem asfalto. Além disso, acumula sujeira, diminui o conforto de tráfego e deteriora a estética da rua. Um bairro esburacado parece um bairro abandonado, campo de teste de mísseis como eu costumo dizer, e muitas vezes é isto mesmo, um bairro esquecido. As ruas esburacadas são sempre aquelas onde não há calçadas adequadas, e as pessoas tem que andar no meio da rua junto com carros, ônibus e buracos, onde o fato dos veículos andarem desviando das crateras torna a rua perigosa. Isto afasta potenciais clientes do comércio local. Com isso a rua torna-se vazia e perigosa. Ruas bem pavimentadas são o primeiro passo para uma cidade agradável de se viver."


E a matéria segue abordando de forma apropriada o tema. Perguntas: 1) Os engenheiros prefeiturais sabem o tipo de material que é usado. 2) Não existe fiscalização em cima das empresas? (esta pergunta é um tanto óbvia). 3) Por que não é aplicado um material mais resistente?

Um gaiato responderia: "
porque não dá lucro, ora essa?"


Paulo Branco, "amor, salud y plata"


Clique e escreva para: pbradialista@yahoo.com.br

Clique abaixo e subescreva o BLOG do Paulo Branco - Radialista
Bookmark and SharePingar o BlogBlogs Adicione PB ao Google Reader Add to Technorati Favorites

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html