quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Parabéns ao Canal 12, pioneiro da TV no sul do Brasil


fonte: www.paulobranco.com - Conversa ao Pé do Rádio - Pioneira da TV no Sul do Brasil -  sexta-feira 17 de abril de 2009


Hoje, com 77 anos de idade. Recolhido a vida privada. Dizendo sentir um pequeno arrependimento, por ter deixado as atividades empresariais. Dividindo seu tempo entre Curitiba e Litoral. Feliz pela obra realizada, que lançou tantas e tantas personalidades da política, cultura , administração e comunicação do Estado e do país. Nagib Chede Abrahão, filho de imigrantes libaneses, desde muito jovem revelou interesse pela eletrônica, tanto que aos 09 anos pedia a seu pai, o libanês Chede Abrahão, que lhe comprasse um bom aparelho receptor de rádio, e aos 18 já era radioamador. Mas foi com a televisão que Nagib veio a se destacar, e ser um magnata na época, possuindo uma só câmara de TV. Acontece que era o único que possuía uma câmara de TV na Região Sul do Brasil, daí ser um pioneiro não só do Paraná, mas de todo o sul do país. Foi no dia 29 de Outubro de 1959 que Nagib inaugurou a Rádio Emissora Paranaense, Canal 12, e coube a mim entrevistá-lo, exatamente no dia que era comemorado o vigésimo oitavo aniversário da organização. Durante as horas em que conversamos, não recebeu um único telefonema, e sobre a mesa não havia nenhum telegrama de congratulações. Sei que a TV lhe prestou homenagem, contando parte de sua história, que é a história da TV sulista brasileira. Tudo começou durante um vôo Miami-Nova York, quando acompanhado de João Lydio Bettega, fez amizade com um engenheiro da Rede NBC, que o convidou a fazer uma visita numa fábrica da RCA Americana, ocasião em que se apaixonou por uma câmara de TV, com a qual mais tarde acoplada a um transmissor de 10 Watts (exatamente 10 watts), geraria as primeiras imagens em circuito fechado. Dali para a transmissão a distância foi um pulo. Passou das imagens de uma vitrine da loja Tarobá, para os receptores que já somavam uma dezena em Curitiba, e que só captavam, isto com antenas especiais, programas de São Paulo e, excepcionalmente, do Rio. No velho edifício Marisa, instalou-se em um Estúdio para as primeiras transmissões, que chegavam até São José dos Pinhais. Seguiu-se então, uma luta enorme na busca de apoio, e principalmente, verbas para que o empreendimento fosse levado adiante. Foi aí que entrou o então governador Moisés Lupion, que encampou a ideia, levou-a até o Presidente Juscelino Kubitschek e solicitou a concessão de uma canal de TV para Curitiba. Era Ministro de Obras e Viação, o Amaral Peixoto. Preenchido todos os requisitos, Juscelino autoriza o funcionamento e é inaugurada a TV Paranaense Canal 12. Isto foi no dia 29 de Outubro de 1959. Hoje (dia da entrevista), o Canal 12 comemora 29 anos de bons serviços prestados à coletividade. A história do pioneiro, resumida (tipo redação para Rádio), é esta. Nada mais justo portanto, que editar este modesto trabalho, como homenagem ao idealizador, combativo e perseverante Nagib Chede Abrahão. Em breve, estaremos contando um pouco da história do Rádio no Paraná, e aí volta o "velho" Nagib a aparecer, como por exemplo, dono da primeira emissora a transmitir músicas de um LP.


Correio de Notícias  - Bomdomingo - Conversa ao Pé do Rádio 
Curitiba, 29 de outubro de 1988

A matéria acima, foi postada em nosso Blog, na série "Conversa ao Pé do Rádio', onde lembrei de algumas matérias que escrevi no jornal Correio de Notícias, lá pelo final da década de 80. Na coluna, abordei sobre uma entrevista com o Nagibe Chede e o pioneirismo da TV no sul do Brasil. Como vocês poderão observar, eu coloco na matéria que a inauguração do Canal 12 foi no ano de 1959. Não sei a razão de ter colocado o ano de 59, mas à época os escritos sobre o Rádio e a TV brasileiros eram poucos e, muitas vezes, confusos. Mas, com passar dos tempos, novos artigos foram surgindo e novas lembranças vieram à tona. Diversos jornalistas, locutores, repórteres, diretores e outros profissionais do Rádio e da Televisão foram escrevendo e gravando suas histórias. Vide caso do projeto que o Luis Renato Ribas e o Renato Mazanek estão produzindo no CINEVIDEO1, o "Memória Paranaense", do qual já postamos diversos artigos no Blog. 

Vale a pena uma leitura das matérias do Elmo Francfort Ankerkrone no Blog SampaOnline - Coluna Televisao, onde ele relata a história da sua família com a TV Paranaense, trazendo ainda relato das fases experimental e comercial da TV. No texto ele cita: "A TV Paranaense tinha grande profissionais... Alcides Vasconcelos (telejornalismo), Renato Mazanek (diretor da rádio, diretor de TV, ator e que na fase comercial da emissora criou um sistema de gerador de caracteres numa caixa de madeira - com um lápis eletrônico! - e uma máquina de efeitos especiais para a televisão feito com um cone de cartolina, que fazia uma máscara na câmera e tornando isto numa cena pequena na tela); Romualdo Ousaluk (diretor artístico); Silas de Paula (cameraman e ator improvisado, no que se saiu muito bem), Moraes Fernandes e o dono do primeiro rosto aparecer no vídeo, Elon Garcia (apresentadores), até hoje assíduo "garoto-propaganda" de televisão. Contavam também com a colaboração de um palhaço profissional Ulisses de Triana, que fazia a uma bem feita maquiagem nos atores.".  

Outra texto muito interessante e que nos leva a pensar, é do Aramis Millarch, que "pesquei"  no Tablóide Digital, intitulado 17 de julho de 1954: a primeira vez que os curitibanos viram TV, onde cita: 'Assim, perante uma multidão atraída pela novidade, apareceram as primeiras imagens em preto e branco, tendo Didier Bettega como mestre de cerimônias, Renato Valente e Alexandre Gutierrez foram os primeiros a fazer saudações, conforme registraria o jornalista P.A. do Nascimento em reportagem ocupando duas páginas na edição de outubro da "Revista do Guaíra", ilustrada com fotos de João Graf Schreiber." 

Por fim, cito o artigo "Lembranças esparsas dos tempos históricos da TV", também do Tablóide Digital, onde o Aramis nos traz algumas lembranças dos primórdios das emissoras de TV no Paraná, tanto do canal 12 - TV Paranaense, como o Canal 6 - TV Paraná, e o Canal 4 - TV Iguaçú.

Veja o vídeo apresentado no dia de hoje, pela Rede Paranaense de Televisão (RPC), sucessora da Rádio Emissora Paranaense que o Nagibe Chede inaugurou, oficialmente, em 29 de outubro de 1960. 

 

Visite e escreva ou indique também o BLOG do Paulo Branco - Radialista
Veja e baixe os vídeos do Canal Paulo Branco no Vodpod
Ouça todos os áudio em Paulo Branco no Tunepak
Ou escreva para o PB : pbradialista@yahoo.com.br
Bookmark and Share Pingar o BlogBlogs Adicione PB ao Google Reader Add to Technorati Favorites
Subscreva Blog do PB

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html