segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Gilberto Larsen lancará livro "Quilômetros de História"

"Larsen lembra que o primeiro por­­to com importância econômica para o estado foi o de Barreiros, em Morretes. “Este local foi o ponto de partida para o desenvolvimen­­to do litoral paranaense”, diz uma placa colocada em uma curva do Rio Nhundiaquara, a 6 km da sede do município. “Serviu de ancoradouro dos batelões que faziam transporte de carga do planalto, descendo o Rio Nhun­­dia­­quara, até o Porto de Paranaguá, nos ciclos da erva-mate e da banana, desde o ano de 1700 até a construção das estradas de rodagem e de ferro.”"

Sábado, 31 de outubro, estou lendo a Gazeta do Povo, leio política e outras  colunas, enfim, todos os cadernos que me interessam. Quando deparo com uma pagina inteira, para ser mais preciso, a página 11, no bloco "Vida e Cidadania" - História. Pois não é que dei um verdadeiro mergulho na história dos transportes em nosso Estado, no resumo do livro do jornalista Gilberto Larsen, "Quilômetros de História", a ser lançado em 2010. Com conhecimento de causa, Larsen nos  mostra um pouco do que vai ser seu livro, aliás, livro só não, mas um verdadeiro documento histórico. Na foto ao lado (fonte: Gazeta do Povo - Paraná sobre rodas, trilhos e águas - 31/10/2009), apresentada na reportagem, cita: "Em 1928, a rodovia Guarapuava - Laranjeiras era uma estrada de terra batida. Hoje, o Paraná tem cerca de 20 mil quilômetros de estradas pavimentadas e aproximadamente 100 mil sem pavimentação.". Um trechinho do "Quilômetros de História": "A história paranaense se confunde com a evolução dos meios de transporte. A colonização da área que hoje corresponde ao Paraná co­­meçou com a chegada dos navegadores portugueses ao litoral. Curi­­tiba nas­­ceu como um ponto de parada no caminho dos tropeiros que percorriam o trecho entre Viamão (RS) e Sorocaba (SP).". E por aí vai passando, pela ligação Palmeiras - Palmas, São José dos Pinhais - Mangueirinha, pela Guerra do Paraguai, a conexão entre hidrovia do Rio Iguaçu e a estrada de ferro a partir de Porto Amazonas, com ramal para Lapa e Rio Negro. Larsen escreve também, sobre importantes e históricas passagens culturais, nestes caminhos paranaenses. Que venha logo o livro-reportagem do Gilberto Larsen, que conta com dezenas de fotos espetaculares. Ah!...  O pedágio também estará lá. Dá-lhe GL.

Paulo Branco, "amor, salud y plata"

Visite e escreva ou indique também o BLOG do Paulo Branco - Radialista
Veja e baixe os vídeos do Canal Paulo Branco no Vodpod
Ouça todos os áudio em Paulo Branco no Tunepak
Ou escreva para o PB : pbradialista@yahoo.com.br
Bookmark and Share Pingar o BlogBlogs Adicione PB ao Google Reader Add to Technorati Favorites
Subscreva Blog do PB

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html