sábado, 2 de janeiro de 2010

Ano novo, recordando uma passagem

Quando escrevo recordar, é bom recordar das coisas boas acontecidas em nossa vida pessoal ou profissional. Como a minha esteve sempre, estreitamente, ligada à profissão de radialista, gosto de recordar passagens felizes do meio radiofônico. Em 31 de Dezembro de 1969 ou 70, não lembro bem, apresentei meu programa das 06 às 08 da manha. Fiz minhas reportagens e entrevistas da pauta, e voltei para a Rádio Guairacá que funcionava no mesmo prédio dos jornais Tribuna do Paraná e Estado do Paraná. Funcionavam todos ali na Rua Barão do Rio Branco, centro de Curitiba, já então sob o comando do Grupo Paulo Pimentel. Assim, fui chamado pelo Diretor Artístico Jamur Junior, por sinal marcou época no Rádio e na TV Paranaense, que me escalou para apresentar um programa de virada de ano, das 23hs da noite de 31/12 até à primeira hora do dia 1º. Disse-me o Jamur: -"Você é um cara alegre e fará a turma que também estará trabalhando neste horário, os taxistas, vigilantes e assim por diante, a não sentir tanto ao ficar longe das festas que gostariam de estar presentes". Dito e feito, mandei brasa junto com o operador de som (não lembro quem trabalhou naquela noite, pois trabalhavam lá o Valdir Silva (Dentinho), o J.Neves, o Nivaldo Maciel (Véio Zuza) e o Antonio Carlos Cruz, hoje diretor do Canal 7). O fato é que foi muito divertido, muita festa e com muita músicas de Carnaval. Um assunto que abordávamos, afinal estávamos na passagem de ano, era sobre superstições de ano novo, que até têm fundamento - como por exemplo a da joaninha dar sorte: ela se alimenta de insetos que são pragas em plantações e isso é uma coisa que vem de nossos ancentrais agricultores. Outras porém, não tinham explicações, mas eram e são crenças ou simpatias populares. Sei que íamos passando para os ouvintes, e faziam o maior sucesso. Vejam algumas:
  • Não matar joaninhas. Os antigos acreditavam que a joaninha era sinal de boa colheita e, portanto, de boa sorte.
  • Usar maquiagem nos olhos. Antigos egípcios acreditavam que a maquiagem evitava que espíritos maus entrassem pelos olhos.
  • Comer a carne certa. Frango não pode, porque a galinha cisca movendo as patas para trás, indicando retrocesso. Porco, por outro lado, é bom, porque fuça movendo o focinho para frente, indicando progresso.
  • Usar roupas novas. Roupas intímas como calcinha ou cueca só novas: para quem quer atrair dinheiro, fartura e abundância, use peças amarelas ou douradas; as brancas atraem paz e felicidade como muitos já sabem; as vermelhas são ótimas para as grandes paixões. Para quem quer viver um grande amor, prefira as de cor rosa.
  • Observar borboletas. Se a primeira borboleta que você observar, em pleno voo, em um Ano Novo for da cor branca, isso quer dizer que vai ser um ano próspero.
  • Não chorar. Nossos ancestrais acreditavam que chorar durante o Ano Novo é sinal de mau agouro.
  • Abrir portas. As portas da sua casa devem ficar todas abertas, para que o ano velho possa ir embora.
  • Beijar a pessoa amada. Os antigos acreditavam que beijar a pessoa amada na virada do ano, traz boa sorte no resto dele.
  • Dancar em volta de uma árvore. Acredita-se que dançar em torno de uma árvore, ao ar livre, durante a virada do ano traz sorte e prosperidade
  • Não lavar louça. Pessoas acreditam que lavar louças ou mesmo lavar o cabelo no primeiro dia do ano pode significar morte de um ente querido
  • Encher a carteira ou a geladeira. Deixe a carteira cheia de dinheiro. Se você tiver uma nota de dinheiro dentro do sapato os orientais dizem que a energia entra no nosso corpo pelos pés. Vai daí, o dinheiro no sapato atrai mais e mais riquezas. Mantenha geladeira com bastante comida e a despensa repleta de alimentos durante o primeiro dia do ano. Isso atrai fartura.
  • Aceitar visitas. Acredita-se que você não deve sair de casa antes de receber sua primeira visita no ano. E essa visita tem que trazer algum presente.
  • Observar bem a direção do vento. Se o vento estiver vindo do leste, isso pode significar que há catástrofe a caminho. Se o vento estiver vindo do oeste, significa sorte e, talvez, morte de alguém importante. Se o vento estiver vindo do sul, quer dizer que o ano vai ser próspero e, se o vento vier do norte, significa que vai chover.
  • Encher o bucho de uvas. A tradição espanhola diz que quanto mais uvas você conseguir comer na virada do ano, mais sorte você vai ter.
  • Tomar um banho especial. No dia 30 de dezembro, tome um banho especial para descarregar as energias negativas. Ferva água e coloque folhinhas de arruda, alecrim, manjericão, malva-rosa, malva-branca, manjerona e vassourinha para o seu banho. Espere esfriar e jogue a água sobre sua cabeça.
Ano velho indo, ano novo chegando e íamos recebendo inúmeros telefonemas dos ouvintes, contando outras curiosidades. Muitos desejando feliz ano novo ou convidando para festas. Por isso, vamos cantar..., cantar e cantar, recordar e recordar. E tin-tin, pois as festas continuam, pelo menos até o dia 04 de janeiro.Veja e baixe os vídeos do Canal Paulo Branco no Vodpod
Ouça todos os áudio em Paulo Branco no Reverbenation
Contato: pbradialista@yahoo.com.br

Pingar o  BlogBlogs Adicione PB ao Google ReaderSubscreva-se em NewsGator  OnlineAdd to netvibesSubscreva-se em BloglinesAdd to Pageflakes Add to Technorati Favorites

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html