quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Mau uso de cremes aumenta ocorrência de espinhas, revela pesquisa

Oito em cada dez pessoas usam creme para a pele, diz estudo. Maior parte compra produto sem orientação.

Espinhas são comuns na adolescência, mas uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia descobriu que elas estão aumentando também entre os adultos, principalmente entre as mulheres. E o vilão da história – quem diria – são os cremes, usados sem orientação.

Segundo o estudo, oito em cada dez pessoas usam creme para a pele, e mais da metade das 1,5 mil pessoas pesquisadas reclamam das espinhas.

"A acne é a principal causa que leva a mulher ao dermatologista, isso em todas as faixas etárias. Lógico que na adolescência é típico, mas a mulher madura também está apresentando espinhas, pelo uso indiscriminado de hidratantes e filtros solares", afirma a médica Andréia Mateus, da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

O excesso de creme faz com que a pele produza mais gordura. Isso entope o poro e leva à formação do cravo, que vira a espinha. A área fica inflamada e vermelha. Nos casos mais graves, o paciente sente dor e a inflação pode até provocar febre.

Cicatrizes

E os problemas não são só físicos. "O psicológico abala muito porque você vê um rosto diferente, você vê que você está mudando e você tem que acompanhar as mudanças.", diz o estudante Kellyn Vickey. "[Eu sentia] muita vergonha, eu sentia vontade de ir menos aos lugares. Mas já me irritou muito a ponto de chorar e deixar de sair", diz a estudante Miriã Rocha.

Miriã e Kellyn foram parar no dermatologista por causa da acne. Mas antes de chegar ao médico, cederam a um impulso: o de espremer as espinhas.

"Se o adolescente não procurar um dermatologista e começar a espremer o rosto e utilizar produtos hidratantes que não são próprios para sua pele, a acne vai piorar e essa expressão aleatória sem cuidados especiais pode deixar cicatrizes, cicatrizes que muitas vezes são difíceis de reverter", afirma a médica Andréia Mateus, da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Creme errado

Além de espremer espinhas, quem tem acnes também deve procurar os cremes corretos. A agente administrativa Olinda Gomes Leitão está há quatro anos em tratamento lutando contra as espinhas, e teve problemas ao usar produtos sem indicação.

"Depois dos meus 35, 40 anos, aumentou muita coisa. Eu era apelidada até de queijo suíço. Eu comprava em farmácia, supermercado, creme para o corpo normal, e eu usava os cremes que eu usava no corpo, eu passava no rosto também. O que aconteceu: aumentou a minha acne, uma coisa imensa. Eu ficava com vergonha com tanta acne que eu tinha no rosto. ", afirma Olinda.

"Tem umas dicas básicas para quem já quer começar a tratar o rosto de imediato: a primeira delas é você desengordurar bem o seu rosto todas as noites e não dormir com maquiagem. A segunda é lavar bem o rosto com sabonete neutro ao menos duas vezes ao dia. Mais uma dica é não usar o protetor solar que você comprou para o corpo no rosto", diz a dermatologista Mariana Pinheiro Machado.

fonte: G1.com, com informações do Fantástico - 04/10/09

Aproveite e visite, escreva ou indique também o BLOG do Paulo Branco - Radialista
Veja e baixe os vídeos do Canal Paulo Branco no Vodpod
Ouça todos os áudio em Paulo Branco no Tunepak
Ou escreva para o PB : pbradialista@yahoo.com.br
Bookmark and Share Pingar o BlogBlogs Adicione PB ao Google Reader Add to Technorati Favorites
Subscreva Blog do PB

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html