quarta-feira, 19 de maio de 2010

Waltel Branco

Mesmo aos oitenta anos, Waltel Branco continua em atividade fazendo o que mais gosta: música. Tanto é, que no fim da tarde de ontem o compositor e violonista, que estava afastado dos palcos por algum tempo, voltou a se apresentar, desta vez no Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC), e sempre inovando, pois voltou em ritmo indiano. Aluno de Bento Mossurunga, amigo particular de João Gilberto, foi um dos primeiros a colocar o jazz na música popular brasileira. Também colocou a música cubana em ebulição, quando partiu para Cuba e tocou com Perez Prado, o rei do mambo. Ninguém tocou um mambo quanto Perez Prado, nem antes, nem depois de seu tempo. Agora é a música indiana que está na pauta do músico, que nasceu em Paranaguá e se projetou mundialmente, por seu talento e sua determinação, além do seu brilhantismo como compositor. A apresentação foi a convite especial do recital TABLA-Rima e Ritmo, integrante do programa "Música nos Museus" que é coordenado pelo instrumentista Kito Pereira. Dá-lhe Waltel Branco, orgulho dos paranaenses que o conhecem, e para os que não o conhecem, procurem conhecer seu trabalho e terão grandes alegrias e surpresas. O WB merece um novo olhar, sobre sua imensa contribuição para a música universal.


Veja e baixe os vídeos do Canal Paulo Branco no Vodpod
Ouça todos os áudio em Paulo Branco no Reverbenation
Contato: pbradialista@yahoo.com.br
Adicione PB ao Google Reader

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html