terça-feira, 6 de julho de 2010

"Jeitinho"

               Leio no principal jornal do Paraná a manchete:  "Jeitinho" marca entrega de planos de governo dos presidenciáveis. Ainda, abaixo da manchete,  matéria diz: Para atender à determinação da lei eleitoral, petista reaproveitou propostas aprovadas no Congresso do Partido, e o tucano usou transcrição de dois discursos. O que seria uma novidade para beneficiar os eleitores, apenas ressaltou ontem o "jeitinho brasileiro" dos dois principais candidatos à Presidência da República. Na análise do doutor em Ciências Políticas pelo Instituto de Tecnologia de Massachusettes, Antonio Octávio Cintra, os programas de gestão são mais "sedutores"do que executáveis. São metas que os candidatos apresentam para inflamar e seduzir os eleitores, bem diferentes de um planejamento real e efetivo para o país. E fica então a pergunta: O que é que tem, se os partidos usam "jeitinhos" e tentam seduzir os eleitores com uma promessa a mais, ou a menos, se o principal não existe, que é a obrigatoriedade de cumprir com as programações apresentadas. Acho até, que seria perfeitamente dispensável a apresentação de tais documentos. Ninguém é obrigado a cumprir promessas feitas durante a campanha eleitoral, ou no momento da inscrição. Tudo não passa de blá..., blá...,blá.... Na próxima postagem, os "jeitinhos " usados pelos paranaenses.

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html