quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Armas de brinquedo

Paulo Branco, o que é que a gente faz, ri ou chora?

Acabo de ver uma matéria no jornal da televisão - hoje, dia 06 de outubro de 2010 - sobre a venda de armas de brinquedo para crianças, agora que se aproxima o dia consagrado a elas.

Existe uma lei que proíbe a venda de armas de brinquedo.

Na matéria jornalística, um dos comerciantes imediatamente mandou retirar os brinquedos. Vai levar prejuízo pois não deveria nem mesmo ter comprado para revender.

E, aí, entram as nossas "otoridades" que, em Londrina, deram um prazo de 30 (trinta) dias para a retirada da exposição das armas de brinquedo, para venda.

30 DIAS !!!

Ou seja, até o dia 12 de outubro - dia da criança - vendam tudo que puderem.

Depois, tem mais 12 dias para guardar o estoque que não for vendido. Coisa que naturalmente os comerciantes fariam.

A lei já existe, mas e daí?

Ficha Limpa, vale... Não vale... Vale agora... ou vale na próxima eleição...

Armas de Brinquedo, não pode vender, existe a lei. Mas tem 30 dias para retirar das prateleiras.

Até expirar o prazo de trinta dias, pode vender?

Francamente, ou moralizamos a aplicação das leis, ou continua a sensação predominante da impunidade.

Decidam-se, "Otoridades."

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html