quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Quase tudo pronto no Governo Richa

Taniguchi fez parte do conselho político da campanha de Richa na eleição deste ano, mas os dois passaram alguns anos afastados. O tucano foi vice-prefeito no segundo mandato de Taniguchi na prefeitura de Curitiba (2001-2004), mas distanciou-se na disputa pela sucessão.
Em 2006, Taniguchi foi eleito para a Câmara Federal, mas passou boa parte licenciado, no comando da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Distrito Federal. Ele deixou o cargo em 11 de dezembro de 2009, após orientação do DEM. Em maio deste ano, um novo revés: Taniguchi foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por crimes de responsabilidade cometidos em 1997, como prefeito de Curitiba. Ele usou um empréstimo internacional para pagar precatórios e ordenou despesas não autorizadas por lei. Entretanto, ele não precisou cumprir pena, pois os crimes prescreveram em 2004. A reportagem tentou contato com Taniguchi ontem, mas ele não aten­­deu o telefonema.
Entre os outros nomes confirmados está a mulher do governador eleito, Fernanda Richa, na pasta Família e Desenvolvimento Social. A assessoria de Richa não confirmou se essa secretaria é a que substituirá a da Criança e da Juventude, ou se é um novo nome para a Secretaria da Mulher, em discussão na Assembleia Legis­­lativa.
Com ela, são dois os parentes do tucano no secretariado – o irmão José Richa Filho comandará a pasta de Infraestrutura e Logística. Richa segue a receita de Roberto Requião, que também colocou irmãos e a esposa no governo. Como os cargos são políticos, não há desobediência à súmula antinepotismo do STF.
O deputado federal Ricardo Barros (PP) – vice-líder do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na Câmara em 2008 e candidato derrotado ao Senado na eleição deste ano – assumirá a Secretaria de Indústria e Comércio.
Além de Barros, cuja base política é Maringá, outros nomes anunciados contemplam o interior do estado. O empresário Faisal Saleh, de Foz do Iguaçu, será o secretário de Turismo; o delegado de Polícia Federal Reinaldo de Almeida Cesar, que já foi secretário da prefeitura de Ponta Grossa, assumirá a pasta de Segurança; Tarcisio Mossato Pinto, funcionário de carreira do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) em Jacarezinho, assumirá a chefia do órgão.
Também foram confirmados o consultor Jonel Nazareno Iurk na Secretaria de Meio Ambiente, e Paulino Viapiana – atual presidente da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) – como secretário da Cultura.

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html