sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Sem alusões,Palácio Iguaçu foi embrulhado

Albari Rosa/ Gazeta do Povo
Albari Rosa/ Gazeta do Povo / Palácio Iguaçu em obras: reforma custou R$ 31 milhões aos cofres públicos Palácio Iguaçu em obras: reforma custou R$ 31 milhões aos cofres públicos
Governo estadual

Fachada do Palácio é “embrulhada” antes da reabertura

Tecido ficará na frente do prédio até a reinauguração, que terá missa com padre Reginaldo Manzotti e show de Chitãozinho e Xororó. Festa será patrocinada por bancos fede

A fachada do Palácio Iguaçu, no Centro Cívico de Curitiba, foi totalmente coberta ontem por uma enorme cortina de tecido.
O pano esconderá, pelos próximos oito dias, o ritmo acelerado de trabalho dos mais de 300 operários que trabalham para concluir a primeira reforma da sede oficial do governo paranaense desde a sua construção nos anos 50.

A cortina gigante foi içada por 15 alpinistas contratados por uma empresa especializada em trabalhos em grandes alturas. A intenção do governo do estado é descerrar o pano durante a festa de reinauguração do Palácio, que durará três dias e começa no próximo dia 17, terminando na data da emancipação do Paraná, dia 19.
O tecido que cobre a frente do Palácio traz ao centro a bandeira do Paraná e as logomarcas do Banco do Brasil e da Caixa Eco­­nô­­mica Federal (CEF), os dois patrocinadores da festa de reinauguração do prédio.
No final do mês passado, o governador Orlando Pessuti (PMDB) esteve reunido em Brasília com diretores do Banco do Brasil e da CEF para conseguir patrocínio para os três eventos programados para o final do ano no centro Cívico: a reinauguração do Palácio Iguaçu, a missa de Natal e a solenidade de transmissão de cargo do governo do estado.
”É importante destacar que o patrocínio das instituições financeiras é para a festa de reinauguração e não para as obras de reforma”, explicou o secretário de Es­­tado de Obras Públicas, Júlio Araújo Filho.
O secretário garantiu que todos os recursos investidos na reforma vieram do orçamento do governo. A estimativa é de que R$ 31 mi­­lhões foram gastos para a conclusão da obra, que procurou manter as características arquitetônicas do projeto original do Palácio, do arquiteto David Azambuja.
Festa
A solenidade de reinauguração do Palácio Iguaçu começará na noite de 17 de dezembro entrando pela madrugada do sábado e com eventos programados para o domingo. A princípio chegou-se a cogitar a realização de uma festa de gala, mas o cerimonial do governo descartou a ideia depois de críticas ao gasto excessivo.
O governador Pessuti, que retoma o mandato depois de viagem ao México, deve hoje anunciar a programação. As festividades in­­cluem show com a dupla Chi­­tãozinho & Xoro­­ró, missa com o padre Reginaldo Manzotti e queima de fogos.
Pessuti fez convites formais ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e à presidente eleita Dilma Rousseff, mas eles não confirmaram a presença.

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html