sexta-feira, 29 de abril de 2011

VOCÊ ACREDITA NA ATRAÇÃO DE OPOSTOS


 Os opostos realmente se atraem?
Com 15 anos de experiência em uniões de casais, especialista diz que a compatibilidade é a melhor forma de encontrar o par ideal


Reprodução
As relações bem sucedidas geralmente são aquelas em que o casal possue o mesmo nível social, financeiro e cultural
Imaginem um casal que tenha gostos e temperamentos completamente diferentes um do outro.
Enquanto ele prefere a vida noturna, ela é adepta ao estilo caseiro.
Ele sonha em ter filhos, já ela não pensa em ser mãe tão cedo.
Na teoria, a expressão de que os opostos se atraem parece funcionar.
Mas na prática, as diferenças entre duas pessoas podem contribuir para que a relação dê certo?

A pedagoga Sheila Rigler, diretora da agência de relacionamentos Par Ideal, que atua há 15 anos no mercado, acredita que o namoro tem mais chances de vingar quando existem semelhanças entre o casal.
"As relações bem sucedidas geralmente são aquelas em que ambos possuem o mesmo nível social, financeiro e cultural.
Na agência o que fazemos é proporcionar o encontro de indivíduos que tenham afinidades e gostos em comum", afirma. O método usado pela Par Ideal, no qual se apresenta perfis semelhantes, parece eficaz. Não é à toa que na agência foram realizados 1.400 casamentos.

Segundo a especialista, se o homem não gosta de cigarro, por exemplo, ele deve evitar sair com uma mulher que seja fumante.
"Mesmo que a relação dê certo no começo, no futuro pode ser um problema sério para o casal". De acordo com uma pesquisa realizada pela agência Par Ideal, 90% das pessoas cadastradas que não fumam afirmam que o cigarro atrapalha nos relacionamentos.
Os ex-fumantes são unânimes em dizer que o hábito do parceiro não é bem visto.

No entanto, existem aqueles que se sentem atraídos por pessoas completamente opostas.
"Muitas vezes isso tem a ver com a ideia de enxergar no outro o que ela sempre desejou para si mesma.
A fase inicial é de admiração, mas com o tempo, as divergências vêm à tona", diz. Para Sheila, um relacionamento duradouro envolve compatibilidade de ideias e objetivos parecidos na vida.
"Mas acima de tudo, todos devem primeiramente se conhecer bem, para depois saber quem será a pessoa ideal para compartilhar uma vida a dois", finaliza.

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html