sexta-feira, 30 de setembro de 2011

LIGUE JÁ

ADEUS à TAXA de telefone / REPASSE SEM DÓ!

-SE CADA UM FIZER UMA LIGAÇÃO E REPASSAR PARA, PELO MENOS, MAIS CINCO PESSOAS, E ESTAS AGIREM DA MESMA FORMA, CONSEGUIREMOS, EM CURTO ESPAÇO DE TEMPO, UM NÚMERO QUE SERÁ RESPEITADO PELOS CONGRESSISTAS...!!!
A QUESTÃO NÃO É SÓ PASSAR ADIANTE, MAS  LIGAR
PARA O NÚMERO INDICADO .
CANCELAMENTO DA TAXA TELEFÔNICA de: R$ 40,37 (residencial) e R$ 56,08 (comercial)
Quando se trata do interesse da população, nada é divulgado.
Ligue
0800-619619 (A LIGAÇÃO É GRATUITA). Quando a secretária eletrônica atender, então digite:  1 (um) , depois novamente 1 (um) , e por fim 1 (um) novamente . Assim você votou a favor do cancelamento da taxa de telefone fixo. (É  MUITO FÁCIL E RÁPIDO).
O  Projeto de Lei é o de n.º 5476 , do ano de 2001.

Esse tipo de assunto NÃO é veiculado na TV ou no rádio, porque eles não têm interesse e não estão preocupados com isso.
Então nós é que temos de correr atrás, afinal quem paga somos nós!

O telefone a ser discado (0800-619619, de segunda à sexta-feira das 08 às 20h) é da Câmara dos Deputados Federal.

Passe para frente esta mensagem para o maior número possível.
LIGUE: 0800-619619 . Vamos divulgar!!! Se aprovado o projeto, passará a ser lei e, a partir de então, cada um só pagará pelas ligações efetuadas, acabando com esse roubo que é a assinatura mensal.
Este projeto está tramitando na 'COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR', na Câmara.

Quanto mais ligar, maior a chance de ser aprovado.

NÓS BRASILEIROS AGRADECEMOS!

Não adianta a gente ficar só reclamando. É preciso que cada um contribua para que possamos conseguir aprovar o que nos interessa.

Quando podemos, temos que tomar alguma atitude contra os ladrões que surrupiam nossas pequenas economias...

Envie uma cópia para TODOS OS SEUS CONTATOS!

- Abraços
- Milton Cyriaco Pignataro - 

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

SEM COMENTÁRIOS

"Vassouras contra a corrupção" são roubadas em Brasília

Ambulantes, servidores e até mesmo seguranças dos prédios da Esplanada dos Ministérios roubaram muitas das 594 vassouras nas cores verde e amarelo que desde a manhã desta quarta estavam fincadas no gramado em frente ao Congresso Nacional como protesto contra a corrupção.
A organização da manifestação optou por retirar o restante das vassouras após perceber que todas acabariam sendo mesmo arrancadas, mas acabou doando outra grande parte delas às pessoas que pediram para levar para casa uma vassoura novinha em folha.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011


Assessoria de Rádio, precursor - 05 de agosto de 2008
Estou devendo mais acontecimentos de minha vida como radialista, inclusive minha participação na Assessoria de Rádio da campanha de Alvaro Dias para governador em 1986, como precursor (documento à esquerda). Já no Governo do Estado, relatarei minha passagem pela SECOM (Secretraria de Comunicação Social do Estado), onde convivi com 4 governadores e mais de 6 secretários.
Mas as coisas estão acontecendo muito rapidamente, e vou intercalando artigos, para contar outras coisas. Mas, continuo com minha história, sempre em frente, que atrás vem gente. 

Aproveito que já falei da Rádio Cidade, e coloco a foto abaixo. Será que alguém nominaria todas as pessoas?


terça-feira, 27 de setembro de 2011

Recordar é viver (6)

O mesmo banco, a mesma praça - 09 de outubro de 2008
No início deste Blog, citava que estava na pacata Rio Grande(RS), cidade portuária com duas emissoras de Rádio, a Cultura e a Riograndina.
Decidi deixar as plagas gaúchas e me aventurar pelo Brasil, começando pelo Paraná, e se não desse certo, iria para São Paulo. Chegando nesta bela Curitiba, citei que meu primeiro café na capital paranaense não teve café, mas um gostoso sanduíche que truxera, de "fiambre".
E finalmente, terminei o artigo "Meu primeiro lauto café em Curitiba", lembrando que degustei o pequeno lanche num banco da praça Carlos Gomes, no dia 7 de Abril de 1964.
Pois não é que ainda está lá (foto 1). Vale a lembrança.
E vejam só, este "velho gaudério", naqueles tempos áureos da radiofonia.
Sempre de óculos escuro, é claro...
Na foto o "possante"Skoda,ano 50 cambio encima.
  Finalizando, lembro que sou daqueles, tal qual em "A História De Um Velho Gaudério" de Amaro Peres, que mais ou menos assim, um dia escrevinhou:

"Se ando, não me apresso, envelheço igual o vinho
Se tem estrada eu sigo, se não tem, faço o caminho
Quem me preza, vira amigo, peleio  pela verdade
Do meu poncho faço dois, prá quem tem necessidade"

Herdei dos pais este nome, marca de gente direita
Minh`alma não tem segredo, em qualquer reza se ajeita
Carrego as lições da vida, nos pesuelos da memória
Sei que me vou algum dia, prá ser página da história

Conheço a voz de deus, pois mora dentro de mim
Gaúcho, campeiro e taura, me orgulho de ser assim!"

sábado, 24 de setembro de 2011

RECORDAR É VIVER (5) postagem do dia 18/agosto/08

Paulo Branco e o Museu
Repentinamente o telefone chama. 
É impressionante como bichinho sempre chama, repentinamente...
Atendo..., e uma voz anuncia ser do museu.
Entrei em pânico! Pensei, cá com meus botões:
-'Mama Mia, o que será que eles querem comigo?'
Desliguei, respirei fundo, esperei um pouco e atendi uma nova chamada. 
Era para uma entrevista, e o assunto seria sobre o Rádio. Ufa!
Restabelecido, aceitei de pronto.
-'quando, a que horas, onde?'
Óbvio que para mim era crucial saber onde seria realizada a entrevista, se sobre o passado, presente ou o futuro do Rádio.
Felizmente seria em minha casa, e sobre minha história pelo Rádio.
-'Ufa!..., Arre!...Avante!'
Imaginem se o convite vem doutro Museu, tipo Museu do Cairo, e eu acabo ficando por lá.
Qual nada, era só imagem e som, nada pessoal contra outros museus.
Mas que dá arrepios, lá isso dá.

Agradeço o pessoal do MIS, ao mediador Professor Marcio Tadeu da Costa e ao cinegrafista Daniel Corrêa pela generosa atenção.
E aproveitando o ensejo, para aqueles que não conhecem bem o MIS, segue uma breve apresentação:


O Museu da Imagem e do Som (MIS) tem como principal objetivo resgatar e preservar a memória audiovisual do Paraná.
Possui acervos de discos, fitas de áudio, filmes, vídeos, fotografias e publicações relacionadas à sua área de atuação.
Em suas dependências, o visitante pode conhecer vários objetos e equipamentos que fizeram a história do audiovisual.
O MIS conta com salas de exposições, em dois pavimentos, onde realiza mostras de artistas locais e internacionais de fotografia, multimídia e artes gráficas.
Nessas salas também podem ser realizados lançamentos de discos, livros e cadernos de cultura. Organiza mostras de cinema e vídeo em seu auditório de 70 lugares, em especial de obras de paranaenses, acompanhadas de palestras e debates com os realizadores. 
Esse auditório, além disso, pode ser ocupado por outras entidades artístico-culturais para reuniões, debates e cursos.
O Museu possui, ainda, duas moviolas para filmes de 35mm, que estão à disposição para cursos e trabalhos de cineastas amadores e profissionais.


Assessoria de Rádio e campanha eleitoral
Voltando à minha trajetória no meio radiofônico, e "pulando mais do que minhoca em terra lavrada", fui para a equipe da Rádio Educativa.
Convidado  pelo Palito, Lourival Pedrazani, que fôra meu diretor na Rádio Atalaia.
Comecei apresentando notícias das 07 às 07.30 da manhã (já relatei no Blog sobre este momento).
Logo em seguida, o diretor do Departamento de Notícias, Lineu Borges, designou para que eu fizesse cobertura completa dos trabalhos da Câmara de Vereadores de Curitiba.
Assistiria todas as sessões, faria comentários e entrevistaria vereadores. Aprendi um pouco do funcionamento parlamentar, além é claro, de realizar minhas atividades profissionais.
Neste meio tempo, fui apresentado ao senador Álvaro Dias, pré-candidato ao governo do Paraná.
A coordenadoria de campanha do senador me convidou para participar da campanha, numa equipe de Assessoria em Rádio.
Atuava nos horários livres da Rádio, fazendo gravações, preparando "releases" entre outras atividades da equipe.
Nos finais de semana, viajava para o interior e preparava a chegada do senador para os comícios. Neste ponto, entrava em ação outra equipe de campo, com carretas de palco e equipamentos de sonorização.
Chegavam também, os convidados em geral, e os cantores como Vando, duplas sertanejas e Sérgio Reis, todas atrações no auge de suas carreiras(1986).
Para arrematar, um helicóptero sobrevoava a cidade, voando baixo, e a população vibrando, a fanfarra tocando e o senador, sendo carregado pela multidão. Imaginem o que acontecia. Certa vez, o aparelho pousou próximo ao local da concentração, e o povão que nunca tinha visto algo parecido, correu para ver de perto aquela geringonça, que tinha hélice em cima.
Foi preciso fazer uma decolagem, levando o helicóptero para outro lugar, para que o comício fosse realizado.
Na Assessoria de Rádio, atuava como precursor, portanto, eu já havia visitado setores da imprensa local. Priorizava Rádios e Jornais locais, passando a agenda do candidato na região, organizando entrevistas coletivas, anunciava o comício ou reunião, o local e horário, e aproveitava para levar ao ar, pronunciamentos gravados pelo senador. 
E as "alvarétes", desfilavam pela cidade, convidando a população para o evento.
As 186 emissoras de Rádio do Paraná receberam diariamente "releases", 450 mil notícias aproximadamente.
Cheguei a percorrer 50 municípios , entre os principais do Paraná.
Realmente foi uma grande campanha, na qual tive meu trabalho profissional valorizado.
A campanha foi um sucesso, tanto que o Álvaro praticamente não tinha concorrente.
Elegeu-se com maioria absoluta. (foto abaixo - já como governador - http://www.cienciaefe.org.br/OnLine/0511/mussa.htm - Mussa e Bacilla Neto, João Dedeus Freitas Neto e Ênio Malheiros: encontro com o governador Alvaro Dias, em 1987 (Arquivo). Interessante que no interior da campanha, tomei conhecimento das queixas dos radiodifusores, relativas a vários problemas de contato com o governo estadual, os quais um novo governo poderia dar vazão.
Retornando da jornada do fim de semana, relatava ao meu coordenador.
Daí, surgiu a idéia de ser criado um Setor de Radiodifusão, para fazer honras da casa, nas visitas de radialistas e radiodifusores.
Assim, organizávamos entrevistas, a pedidos dos radialistas, com autoridades governamentais. Conseguíamos a entrevista solicitada, local para sua realização,cuidando até do cafézinho e transporte na capital.
Não deixávamos ninguém sem resposta.
Fui até guia turístico para muitos deles, inclusive suas famílias quando em férias, pela capital. 
Abrindo um parêntesis, fiz um bom trabalho durante os quatro anos do governo Alvarista, continuei com trabalho similar no governo Requianista, e como já relatado também neste Blog ( http://pbradialista.blogspot.com/2008/07/alvaristas-requianistas-ou-lernistas.html ), fui convidado pelo governo Lernista, fechando parêntesis.
No final do governo Álvaro eu ..., bem, depois eu conto. 
"A pressa é inimiga da perfeição.", se bem que por vezes, também transforma-se em inovadora, criativa, corajosa, e por que não, pode beirar à perfeição. Ambigüidades a parte.(Anos depois caiu o trema)

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Respondendo a pergunta:Onde fica a Fortaleza dos Reis Magos

Fortaleza dos Reis Magos


Forte dos Reis Magos
Vista do Forte dos Reis Magos.jpg
Forte dos Reis Magos, Natal: vista ao entardecer, a partir da Ponte Newton Navarro.
Brazilian States.PNG
Localização
ConstruçãoFilipe II de Espanha (1598)
EstiloAbaluartado
ConservaçãoRazoavel
Aberto ao público
A Fortaleza da Barra do Rio Grande,[3] popularmente conhecida como Forte dos Reis Magos ou Fortaleza dos Reis Magos, localiza-se na cidade de Natal, no estado brasileiro do Rio Grande do Norte.
A fortaleza[4] foi o marco inicial da cidade — fundada em 25 de Dezembro de 1599 —, no lado direito da barra do rio Potenji (hoje próximo à Ponte Newton Navarro). Recebeu esse nome em função da data de início da sua construção, 6 de janeiro de 1598, dia de Reis pelo calendário católico.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

AVISO PRÉVIO DE ATÉ 90 DIAS

Além dos dos 30 dias já garantidos para quem trabalhou ao menos 12 meses na empresa,o projeto acrescenta três dias por ano trabalhado.

Há 22 anos  Engavetada

a proposta que regulamenta o aviso prévio foi finalmente aprovado no Senado.

Ela foi encaminhada para a Câmara e ali ficou engavetada desde 1955.
Saiu da gaveta há poucos meses,entre outros motivos porque alguns líderes partidários se assustaram com o rumo que a discussão estava tomando.

Os líderes temiam uma decisão na Justiça,mais radical a favor dos trabalhadores.(Aqueles mesmos trabalhadores que votaram para trabalhar por eles).

E tem mais: os deputados não queriam ser surpreendidos com  o tamanho do aumento do prazo de aviso prévio a ser concedido aos demitidos sem justa causa.

É eles estão sempre ao nosso lado,mas para nos vigiar,não para ajudar.

Pense nisso na hora de votar.

LADIES AND GENTLEMEN

O TRÂNSITO EM NOSSA CAPITAL JÁ ESTÁ SE TRANSFORMANDO NA GRANDE PLATAFORMA ELEITORAL COM VISTAS AS ELEIÇÕES .
SERÃO PROMETIDOS VIADUTOS,BINÁRIOS,TRINCHEIRAS E TUDO O MAIS PARA QUE O TRANSITO NAVEGUE NO MELHOR DOS MUNDOS.BALELA,TUDO CHUTE,TUDO PROMESSA,ALIÁS COMO SEMPRE.
VIRÃO PROMESSAS DE BAIXAR TARIFAS COMO ACONTECEU NA ULTIMA ELEIÇÃO.
TENHO PARA MIM QUE DEVERIA HAVER DETERMINAÇÕES PARA QUE QUANDO UM CANDIDATO PROMETE ALGUMA COISA VENHA JUNTO INFORMAÇÕES SE O ORÇAMENTO  COMPORTA A REALIZAÇÃO.
MAS EM NOSSO PAíS PRIMEIRO PROMETEM,O ELEITOR AINDA ACREDITA,VAI LÁ E VOTA,PASSADAS AS ELEIÇÕES É QUE VAI VER QUE NÃO TEM COMO CUMPRIR AS PROMESSAS FEITAS.
DEVERIA SER PUNIDO,RESPONSALIZADO POR ISSO.
MAS NÃO, O ELEITO  COM A MAIOR CARA DE PAU DIZ QUE NÃO TEM COMO REALIZAR AS OBRAS PROMETIDAS PARA EVITAR O CAOS TOTAL.
NÃO SE ENGANEM; SEMPRE FOI E CONTINUARÁ SENDO ASSIM POR MUITO TEMPO ATÉ QUE CHEGUE O DIA DO" PROMESSA E DIVIDA" DE VERDADE.

ATÉ QUANDO SENHORAS E SENHORES.


quarta-feira, 21 de setembro de 2011

E VAMO QUE VAMO!!!

A despedida inconformada do Trema

Não sei quem escreveu, mas quem assina é o TREMA … É uma tremenda aula de criatividade e bom humor, por sinal, com acentuada inteligência. A consequência não poderia ser outra: uma agradável leitura… | Despedida do TREMA | Estou indo embora.
Não há mais lugar para mim.
Eu sou o trema. Você pode nunca ter reparado em mim, mas eu estava sempre ali, na Anhangüera, nos aqüíferos, nas lingüiças e seus trocadilhos por mais de quatrocentos e cinqüenta anos.
 Mas os tempos mudaram. Inventaram uma tal de reforma ortográfica e eu simplesmente tô fora. Leia mais…

O Wassyl Stuparik está se superando em seu Site O Rádio do Paraná.Publiquei aqui uma pequena amostra de tantos e tantos assuntos tratados.Vai que é tua WS.Parabéns seu Site está excelente.Sou um dos seus seguidores.Abraços do PB 

REFORMA POLITICA

Reforma politica,será vai acontecer ou fica tudo no blá...blá...?

Alguns debates estão acontecendo em torno dos suplentes de senadores,é bom.

E agora o deputado paranaense Sandro Alex,do PPS,acaba de apresentar  ao relatório final
sobre o tema uma emenda muito boa principalmente quando toca no assunto de pessoas eleitas
para o legislativo (vereadores,deputados e senadores) que ao serem eleitas passam a ocupar cargos no Executivo.
Tomara que seja aprovada,mas pelo menos já serve para chamar atenção sobre a reforma .

Hoje vota-se no fulano e quem entra é outro no qual não votamos.

Certo,certissima a sua emenda.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

TERRA DO SOL - Postada originalmente em 14/09/11

 Aqui  estamos na terra do sol (NataL RGN)  aqui é vento
vindo do mar  dia e noite e sol forte desde o amanhecer até  até   lá   pelas cinco da tarde.
     O POVO natalense ou nordestino é trabalhador, principalmente do turismo.
Dizem que no Brasil NÃO SE EXPLORA o turismo,mas sim o turista e sabem porque?
Porque tudo é  pago: 20 reais  aqui,5 alí,10 mais adiante e por ai vái.
Hoje meu boné foi arremessado pelo vento,um garoto que passava correu apanhou o boné me entregou e disse: dá 2 real ai tio! 

Quer um guarda sol,duas cadeiras e uma mesinha na beira da praia?10 real,não falam muito em reais por aqui.
Praias que não acabam mais e de qualquer ponto mais alto da cidade estamos vendo o mar verde e  convidativo
.Falar em CHIMARRÃO é palavrão
.Fico  pensando que se algum dia as forças da natureza desligarem o ventilador lá em alto mar  o povo  daqui morre cozido.
  QUER   saber se estamos nos divertindo:  A resposta é                                                MUITO,principlmente quando a beira da praia em dia de semana          vendo passar vendedor de oculos,quadros,agua de coco,tatuagens que se apagam em uma semana e outros quetais e nós alí na sombra escarrapachados na areia.
É mui to divertido ,principalmente quando penso no Wassyl lá em seu estúdio,o Bira escrevendo mais um livro.
Curiosidades:
No hotel tem um cartão com orientações,como essa:  USAR O FRIGOBAR É  MUITO SIMPLES ,basta abrir  e  sevir-se ou então: 
SÓ SERÁ INCLUIDO EM SUA CONTA  O  QUE FOR CONSUMIDO .pENSANDO NISSO LEMBRO DE UMA HISTORINHA QUE  LI A MUITO TEMPO:AO ACERTAR CONTA PARA    VIAJAR LÁ ESTAVAM,JORNAIS,REVISTAS,CHOCOLATE  ETC...etc...  O VIAJANTE RECLAMOU E FOI INFORMADO DE QUE NÃO USOU PORQUE NÃO QUIZ POIS ESTAVA TUDO LÁ  A SUA DISPOSIÇÃO.    

 RESPEITO!

Cloque   a meu favor que o senhor fez sexo com minha acompanhante e custa muito mais do que tudo o que estão cobrando. 
O recepcionista deu salto  dizendo em não fiz nada com sua mulher e recebeu a seguinte resposta:
NÃO FEZ PORQUE  N ÃO  QUIZ ELA ESTAVA LÁ TODO O TEMPO!!!   TÓIM - PANO RÁPIDO. TCHAU GENTE E ATÉ A PRÓXIMA......  
  Em tempo  um dos itens do cardapio é  cerveja    VARIADA,deve  ser  uma que já vem PIRADA!!! 
   MAS QUE TAL ESSA HEIN TCHE,NO DIA DO GAUCHO (20 DE SETEMBRO)   EU FALANDO DO RIO GRANDE DO NORTE!!!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Astrônomos descobrem planeta feito de diamante


Astrônomos localizaram um exótico planeta que parece ser quase todo feito de diamante, girando em torno de uma pequena estrela, um pulsar, nos confins da nossa galáxia --mais exatamente na constelação da Serpente.

O novo planeta é bem mais denso do que qualquer outro já visto, e consiste praticamente só de carbono.

Por ser tão denso, os cientistas calculam que o carbono deve ser cristalino, ou seja, uma grande parte dele é mesmo de diamante.

"A história evolutiva e a incrível densidade desse planeta sugerem que ele é composto de carbono, ou seja, um enorme diamante orbitando uma estrela de nêutrons [um pulsar] a cada duas horas, numa órbita tão compacta que caberia dentro do nosso Sol", disse Matthew Bailes, da Universidade de Tecnologia Swinburne, em Melbourne.

A 4.000 anos-luz da Terra, ou cerca de um oitavo da distância entre a Terra e o centro da Via Láctea, o planeta é provavelmente remanescente de uma estrela que já foi gigantesca, mas que perdeu suas camadas externas para a estrela que orbita.


NASA/JPL-Caltech/L. Cieza (University of Texas at Austin
Constelação da Serpente (foto) abriga, ao que tudo indica, um planeta de diamante que orbita um pulsar
Constelação da Serpente (foto) abriga, ao que tudo indica, um planeta de diamante que orbita um pulsar

20 VEZES MAIS DENSO QUE JÚPITER

Os pulsares são estrelas de nêutrons, pequenas e mortas, com apenas cerca de 20 quilômetros de diâmetro, girando centenas de vezes por segundo e emitindo feixes de radiação.

No caso do pulsar J1719-1438, seus feixes varrem a Terra regularmente e já foram monitorados por telescópios da Austrália, do Reino Unido e do Havaí, o que permite aos astrônomos detectar modulações devido à atração gravitacional do seu companheiro planetário feito de diamante, que não é visto diretamente.

As medições sugerem que o planeta, com um "ano" de 130 minutos, tem uma massa ligeiramente superior à de Júpiter, mas é 20 vezes mais denso, segundo relato de Bailes e seus colegas na edição de quinta-feira da revista "Science".

Além do carbono, o novo planeta também deve conter oxigênio, que pode ser mais abundante na superfície, tornando-se mais raro na direção do centro, onde há mais carbono.

Sua grande densidade sugere que os elementos mais leves -- hidrogênio e hélio -- que compõem a maior parte de gigantes gasosos, como Júpiter, não estão presentes.

O aspecto desse bizarro mundo de diamante, no entanto, é um mistério. "Em termos do seu aspecto, não sei nem se eu posso especular", disse Ben Stappers, da Universidade de Manchester. "Não imagino que uma imagem de um objeto muito brilhante seja o que estamos vendo aqui."

sábado, 17 de setembro de 2011

ATENÇÃO RADIALISTAS DE TODO O BRASIL

eSTÁ CHEGANDO  UM  NOVO SITE QUE VAI TRATAR DE MANEIRA DIFERENCIADA A HISTORIA DO RÁDIO DO PARANÁ.

rECEBI A SEGUINTE  COMUNICAÇÃO:

SITE O RÁDIO DO PARANÁ




Estamos apresentando o nosso site: www.oradiodoparana.com.br - que, a partir do dia de hoje, entra no ar. Com nossos pequenos conhecimentos, estamos montando a nossa pretensão que é deixar um pouco das pessoas que construíram a história do Rádio no Paraná.
Apesar de todas as dificuldades inerentes a todo inicio, pretendemos que radialistas - de hoje e do passado, da capital ou do interior - participe, lembrando-nos de sua atuação ou de companheiros, para que possamos registrar na história do Rádio.
Um abraço à todos e obrigado por prestigiar.
Wasyl Stuparyk
 
(sUCESSO NO NOVO EMPREENDIMENTO E ABRAÇOS pb) 

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

(E agora Wassyl?) E não é que o WS topou o desafio!!!

PROVERBIOS DA MARJORIT



DE:
PARA:

Sábado, 10 de Setembro de 2011 4:17

Corpo da mensagem

Como diria o Paulo Branco “Pois então...”, Marjorit.
Vocês resolveram viver no paraíso e tem tempo pra buscar os ditos populares. E eu, tal qual o PB, não tendo mais o que fazer, vou respondendo. Vamos lá;
Lembrando de uns ditados populares:
Cada macaco no seu galho
Desde que você quebre o meu galho, diz o político;

Cavalo dado não se olha os dentes
Quando tem dentes.

O peixe morre pela boca
Depende. Quando é “peixe grande”, abre a boca e não morre nunca.

Apressado come cru
E o pobre tranqüilo, não come nunca.

È o fim da picada
O homem simples, sonhar com o futuro, é o fim da picada.
Se liga, Mané.

Água mole em pedra dura tanto bate até que fura
Fura o bolso do contribuinte, não Sanepar?

Em casa de ferreiro o espeto é de pau
E em casa de político o espeto é com picanha argentina.

A vaca foi pro brejo
E o idiota do eleitor vai atrás.

Com quantos paus se faz uma canoa
Uma canoa, não sei, diria o Onassis. Mas um iate eu sei quantos idiotas são necessários.

Cada qual com seu igual
Pobre é pobre. Político é político. Não confundam.

Quem não deve não teme
É o que dizem os pais do mensalão.

É tão difícil como achar uma agulha num palheiro
Políticos honestos no congresso brasileiro.

Mais perdido do que cego em tiroteio
Ficou o cara que estava procurando os políticos honestos.

Óculos escuro, olho seguro
Ninguém ter certeza se você viu ou não.
A essas alturas do campeonato...
O Atlético já sabe para onde vai.

É dando que se recebe
Já instituído no Brasil. O lising do voto.

Quem cedo madruga, Deus ajuda
Ajuda a ficar cansado mais cedo.

Quem não chora,não mama
Mas aqueles que mamam nas tetas do governo, não choram nunca.

Quem não arrisca, não petisca
Mas os poucos que petiscam, não arriscam nada de seu.

Aqui se faz, aqui se paga
Se paga com os dízimos arrecadados.

É dar pérolas aos porcos
É o mesmo que dar votos aos políticos brasileiros.

Pensando na morte do bezerro
Ficou o eleitor passada a eleição.

Ou vai, ou racha
E sempre racha, quando quem diz é o pobre.

Fazer cortesia com o chapéu dos outros
São os benefícios que o governo faz com os nossos impostos.

Cada um por si, Deus por todos
Todos aqueles que pagam em dia o dízimo, não é pastor?

Cor de burro quando foge
Como quem rouba sem saber carregar. É cassado.

Melhor um pássaro na mão do que dois voando
Mais vale um homem honesto que dois congressistas voando pra Brasília.

Santo de casa não faz milagre
Nem poderia. Não recebe dízimos para ter com que pagar os milagres.

Devagar que o santo é de barro
Não tem problema. Se quebrar os carolas fazem uma campanha e compram outro.

O que os olhos não vêem, o coração não sente
É o grande problema de Brasília. Do aeroporto para o congresso e do congresso para o aeroporto. Onde está a tão propalada miséria? Não vejo nada.

Quem procura, acha
Por isso tomem cuidado. Sempre que tiver uma multidão e polícia por perto, nunca perguntem “O que está acontecendo?”

Quem canta os males espanta
Cante a mulher do alheio e veja o resultado.

Devagar se vai ao longe
Pra quem anda a pé. Quem vai de avião, vai muito mais longe.

O seguro morreu de velho
Velho, aposentado, sentido e mal pago.

Quem fala o que quer, ouve o que não quer
Quando quer. Se for numa coletiva do Planalto, fala e deixa a assessoria fazer ouvidos moucos.

De curioso, morreu o gato
Por isso é que político brasileiro não tem curiosidade em saber como vive o seu eleitor.

Está cavando a própria cova
São todos aqueles que aguardam as obras para a próxima copa do mundo, no Brasil.

Deixe que se enforque com a própria corda
É a filosofia da justiça brasileira que acumula milhões de processos, parados nos gabinetes.

Melhor prevenir do que remediar
Portanto, aprenda. Dê um sapato antes da eleição e o outro, depois de aleito.

Uma andorinha só não faz verão
Já dizia o presidente do partido ao candidato novato.

Tampou o sol com a peneira
Fez promessas, se elegeu e nunca cumpriu.

Falem bem, falem mal, mas falem de mim
Foi aquele que tampou o sol com a peneira. Se deu bem.

As paredes têm ouvidos
E olhos também (câmeras). Mas e daí? A justiça brasileira é cega, não é deputada?

Nem tudo que reluz é ouro
Mas o que depositar nas contas no exterior fica escondido e ninguém vê que reluz.

A palavra vale prata, o silêncio vale ouro
Por isso as autoridades falam muito e escondem, nas entre linhas, no silêncio, o que realmente pensam. Ou seja, o discurso é um, a prática é outra.

Melhor morrer de azia, do que de barriga vazia
Eis aí uma grande verdade, muito cultuada nos ministérios brasileiros.
Onde há fumaça, há fogo
Será? E tudo que falam dos governantes brasileiros? É fogo, minhas gente!!!
(E agora Wassyl?)Valeu!
É como dizia aquele velho deitado ou melhor,aquele velho ditado:
Escreveu não leu pau comeu!!!  Inté

sábado, 10 de setembro de 2011

OURO

Cientistas britânicos dizem que metais preciosos, incluindo ouro e platina, vieram do espaço bilhões de anos atrás.
Os pesquisadores da Universidade de Bristol chegaram à conclusão após analisar amostras de algumas das pedras mais antigas do mundo, na Groenlândia.
Segundo eles, os isótopos encontrados nessas formações - átomos que identificam a origem e idade dos materiais - são claramente diferentes daqueles que se originaram na Terra.
Isso confirmaria a teoria de que os metais preciosos que usamos hoje chegaram ao planeta em uma violenta chuva de meteoros quando a Terra tinha apenas 200 milhões de anos.
"Nosso trabalho mostra que a maior parte dos metais preciosos nos quais se baseiam nossas economias e muitos processos industriais foram adicionados a nosso planeta por coincidência, quando a Terra foi atingida por cerca de 20 bilhões de toneladas de material espacial”, diz Mathias Willbold, que liderou a pesquisa da Universidade de Bristol.
'Estoque original'
Durante a formação da Terra, o planeta era uma massa de minerais derretidos, que era constantemente atingida por grandes corpos cósmicos.
O centro da Terra foi criado a partir de metais em estado líquido que afundaram.
De acordo com os cientistas, a quantidade de ouro e outros metais preciosos presente no coração do planeta seria suficiente para cobrir toda a superfície da Terra com uma camada de quatro metros de profundidade.
A concentração de todo o ouro e outros metais no centro do planeta deveria ter deixado as camadas externas da Terra praticamente livres da presença desses materiais, por isso a origem do ouro que exploramos na superfície e no manto terrestre (a camada imediatamente abaixo da crosta terrestre) já havia sido motivo de especulações no mundo científico.
Tecnologia
O estudo publicado na revista científica Nature foi o primeiro, segundo os pesquisadores, a conseguir realizar as medidas isotópicas com a qualidade necessária para descobrir que os metais preciosos vieram do espaço.
Os cientistas dizem que estudos futuros podem tentar descobrir mais sobre os processos que fizeram com que os meteoros que atingiram a Terra se misturassem ao manto terrestre.
Em seguida, processos geológicos formaram os continentes e concentraram os metais preciosos nos depósitos de minerais que são explorados hoje.
Já que estou de ferias vou para o Rio Grande do Norte para comemorar meus oitenta aninhos de vida.
E porque RGN,simplesmente porque a oitenta anos nasci no Rio Grande do sul.
Voltarei se o Patrão lá de riba assim o permitir dia 18/09.
Nunca esquecendo que: AS COISAS MAIS IMPORTANTES DA VIDA NÃO SÃO COISAS.

Assunto serio: Pedágios

Meu incondicional apoio a Estudante de Direito.
Abraços para todos

Aluna de 22 anos afirma: "Não pago pedágio em lugar nenhum"
O texto está correndo o Brasil! LEIA:

"A Inconstitucionalidade dos Pedágios", desenvolvido pela aluna do 9º semestre de Direito da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) Márcia dos Santos Silva choca, impressiona e orienta os interessados.

A jovem de 22 anos apresentou o "Direito fundamental de ir e vir" nas estradas do Brasil. Ela, que mora em Pelotas, conta que, para vir a Rio Grande apresentar seu trabalho no congresso, não pagou pedágio e, na volta, faria o mesmo. Causando surpresa nos participantes, ela fundamentou seus atos durante a apresentação.
Márcia explica que na Constituição Federal de 1988, Título II, dos "Direitos e Garantias Fundamentais", o artigo 5 diz o seguinte:

"Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade " E no inciso XV do artigo: "é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens".

A jovem acrescenta que "o direito de ir e vir é cláusula pétrea na Constituição Federal, o que significa dizer que não é possível violar esse direito. E ainda que todo o brasileiro tem livre acesso em todo o território nacional O que também quer dizer que o pedágio vai contra a constituição".

Segundo Márcia, as estradas não são vendáveis. E o que acontece é que concessionárias de pedágios realiza contratos com o governo Estadual de investir no melhoramento dessas rodovias e cobram o pedágio para ressarcir os gastos. No entanto, no valor da gasolina é incluído o imposto de Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico (Cide), e parte dele é destinado às estradas.

"No momento que abasteço meu carro, estou pagando o pedágio. Não é necessário eu pagar novamente Só quero exercer meu direito, a estrada é um bem público e não é justo eu pagar por um bem que já é meu também", enfatiza.

A estudante explicou maneiras e mostrou um vídeo que ensinava a passar nos pedágio sem precisar pagar. "Ou você pode passar atrás de algum carro que tenha parado. Ou ainda passa direto. A cancela, que barra os carros é de plástico, não quebra, e quando o carro passa por ali ela abre.

Não tem perigo algum e não arranha o carro", conta ela, que diz fazer isso sempre que viaja. Após a apresentação, questionamentos não faltaram. Quem assistia ficava curioso em saber se o ato não estaria infringindo alguma lei, se poderia gerar multa, ou ainda se quem fizesse isso não estaria destruindo o patrimônio alheio. As respostas foram claras. Segundo Márcia, juridicamente não há lei que permita a utilização de pedágios em estradas brasileiras.

Quanto a ser um patrimônio alheio, o fato, explica ela, é que o pedágio e a cancela estão no meio do caminho onde os carros precisam passar e, até então, ela nunca viu cancelas ou pedágios ficarem danificados. Márcia também conta que uma vez foi parada pela Polícia Rodoviária, e um guarda disse que iria acompanhá-la para pagar o pedágio. "Eu perguntei ao policial se ele prestava algum serviço para a concessionária ou ao Estado.

Afinal, um policial rodoviário trabalha para o Estado ou para o governo Federal e deve cuidar da segurança nas estradas. Já a empresa de pedágios, é privada, ou seja, não tem nada a ver uma coisa com a outra", acrescenta.

Ela defende ainda que os preços são iguais para pessoas de baixa renda, que possuem carros menores, e para quem tem um poder aquisitivo maior e automóveis melhores, alegando que muita gente não possui condições para gastar tanto com pedágios. Ela garante também que o Estado está negando um direito da sociedade. "Não há o que defender ou explicar. A constituição é clara quando diz que todos nós temos o direito de ir e vir em todas as estradas do território nacional", conclui. A estudante apresenta o trabalho de conclusão de curso e formou-se em agosto de 2008.

Ela não sabia que área do Direito pretende seguir, mas garante que vai continuar trabalhando e defendendo a causa dos pedágios.

FONTE: JORNAL AGORA

Comentário: E agora, como fica a situação. Quem vai apoiar  a advogada?... Ministério Público?... Movimento popular?...
Ela sozinha não vai conseguir convencer o poder constituido.

Vamos ao menos espalhar essa notícia, isso nós podemos fazer para ajudar.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011




Com relação a pedra que fotografei na praia de Morrinhos-Bombinhas Santa Catarina recebi o seguinte comentário:
Dilma diz textualmente que não herdeira do governo Lula: "Não é herança nenhuma.
Eu ajudei a construir essa pedra".
Infelizmente essa pedra continuará em seu caminho até o final de seus dias de governo.
A pedra da corrupção é uma das mais difíceis de se chutar..
E que pedra.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

De Marjorit e Leonardo -( Guaratuba)

Lembrando de uns ditados populares:
Cada macaco no seu galho
Cavalo dado não se olha os dentes
O peixe morre pela boca
Apressado come cru
È o fim da picada
Água mole em pedra dura tanto bate até que fura
Em casa de ferreiro o espeto é de pau
A vaca foi pro brejo
Com quantos paus se faz uma canoa
Cada qual com seu igual
Quem não deve não teme
É tão difícil como achar uma agulha num palheiro
Mais pertido do que cego em tiroteio
Óculos escuro, olho seguro
A essas alturas do campeonato...
É dando que se recebe
Quem cedo madruga, Deus ajuda
Quem não chora,não mama
Quem não arrisca, não petisca
Aqui se faz, aqui se paga
É dar pérolas aos porcos
Pensando na morte do bezerro
Ou vai, ou racha
Fazer cortezia com o chapéu dos outros
Cada um por si, Deus por todos
Cor de burro quando foge
Melhor um pássaro na mão do que dois voando
Santo de casa não faz milagre
Devagar que o santo é de barro
O que os olhos não vê, o coração não sente
Quem procura, acha
Quem canta os males espanta
Devagar se vai ao longe
O seguro morreu de velho
Quem fala o que quer, ouve o que não quer
De curioso, morreu o gato
Está cavando a própria cova
Deixe que se enforque com a própria corda
Melhor previnir do que remediar
Uma andorinha só não faz verão
Tampou o sol com a peneira
Falem bem, felem mal, mas falem de mim
As paredes têm ouvidos
Nem tudo que reluz é ouro
A palavra vale prata, o silêncio vale ouro
Melhor morrer de azia, do que de barriga vazia
Onde há fumaça, há fogo
(E agora Wassyl?)

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html