terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Verdadeiros sobreviventes

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

CARTEIRA NACIONAL DE HABILITAÇÃO

VENCIMENTO DA CARTEIRA DE HABILITAÇÃO.
NOVAS REGRAS:

A carteira só pode ser renovada durante o prazo de no máximo 30 dias após o vencimento da mesma.

Após este prazo, a carteira é cancelada automaticamente,
e o condutor será obrigado a prestar todos os exames novamente: psicotécnico, legislação e de rua, igualzinho a uma pessoa que nunca tirou carteira.

Esta lei não foi divulgada, e muitas pessoas vão
perder a suas carteiras de habilitação e terão de repetir todos os exames.

Fiquem atentos quanto ao vencimento de sua CNH.
A multa para tirar novamente a CNH fica por volta de R$ 1.200,00 e leva + ou - de 2 a 3 meses.

As mudanças começaram a valer no dia 1º de JAN de 2012. Serão incluídos novos conteúdos, além de uma nova carga horária.

O Diário Oficial da União (DOU) publicou (22/11/2009) uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito
(CONTRAN), que altera as regras para quem vai tirar a carteira de motorista.

Entre as mudanças está a carga horária do curso teórico que vai passar de
30 para 45 horas aula
e a do prático, de 15 para 20 horas aula. Serão incluídos novos conteúdos.

ALÉM DISSO: Providenciar com urgência a retirada do plástico do extintor. Mais uma regulamentação sem a devida divulgação!

O extintor de fogo obrigatório do carro tem que estar livre do plástico que acompanha a embalagem.

Se um policial rodoviário parar seu carro e verificar que
o extintor está protegido pelo saco plástico, ele vai te autuar – 5 pontos na carteira e mais R$ 127,50.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

ACONTECEU...A MUITO TEMPO!!!

Gafes e causos do Rádio


História extraída do ótimo livro Loucuras do Futebol", de Emedê (o Marcelo Duarte, da ESPN Brasil, Rádio Bandeirantes e Guia dos Curiosos):


Em 1970, no extinto Torneio Roberto Gomes Pedrosa - a "Taça de Prata", antecessora do Campeonato Brasileiro -, Inter e Atlético Paranaense jogavam no Beira-Rio, em Porto Alegre.

O Colorado aplicou 4 x 1 nos paranaenses.
Rosildo Portela, narrador da Rádio Guairacá, gritou com emoção os gols do time gaúcho.
No gol do Atlético, no entanto, pisou na bola.
Ao receber uma visita de alguns diretores atleticanos, Portela virou-se de costas para o campo por alguns instantes e anunciou para os ouvintes a ilustre presença dos diretores. Naquele momento, Paulo Branco, que cuidava do plantão da rádio, anunciou:



-
Atenção, Portela, gol.

- Gol onde, meu caro Paulo Branco?

- Aí em Porto Alegre, Dorval para o Atlético.



Como não havia torcida do Atlético no estádio, não houve barulho de comemoração e Portela nem percebeu a mudança no placar, mas narrou, com atraso mesmo, o gol dos paranaenses.

Rosildo Portela trabalharia depois na Rádio Clube Paranaense.
Faleceu em 2000.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Nota enviada por Ubiratan Lustosa

CARMINHA MASCARENHAS FALECEU.

 

 
 
Por indicação do meu saudoso amigo Nuno Roland, algumas vezes apresentei Carminha Mascarenhas nos programas de auditório da Rádio Clube Paranaense.
Sempre era sucesso.
Agradava a todos pela sua voz, sua interpretação e a alegria contagiante que sempre transmitia.
Fase áurea do nosso Rádio, ela fez parte do sucesso que conseguimos para a PRB-2.
Agora, recebo a notícia que nessa segunda-feira Carminha partiu, foi brindar com o seu talento uma grande plateia lá bem juntinho a Deus.
Essa foto ela me deu lá pelos anos de 1950 numa de suas apresentações em Curitiba.
Deus a tenha.

Comentário enviado sôbre a postagen "Regras novas para concessão de rádios"

Nova regras, anunciadas pelo Ministro Paulo Bernardo, não tem nada de novas.Nada mudou, salvo os valores, para arrecadar mais.
Que critério é esse?
Quem tem mais dinheiro e pode pagar a vista, tem mais qualidade?
Desde a ultima constituição, quando politicos, pastores e outras "forças" economicas rasgaram as normas
de concessão, as éticas, claro, destribuem os prefixos como querem.
Basta apresentar um projeto técnico - este sim, rigoroso - pagar a taxa da outorga e pronto.
Você já um feliz proprietário de Rádio ou TV.
Você sabe trabalhar em rádio? Você tem noção da responsabilidade de tão poderoso veículo
de comunicação?
Não? Não tem importância.
Você terá diversas opções para colocar a sua programação no ar.
Você pode iniciar loteando a grade da programação. Sub locando os horários.
Não precisa pagar ninguém, não precisa manter folha de pagamento, etc.
Pode, também, transformar a sua rádio em igreja.
Todos que ouvem pagarão o dizimo para manter "a sua obra de evangelização"
no ar. E pagam mesmo, pode ter certeza.

Enfim, pode fazer um monte de merda que ninguém não tá nem aí. Estando nos
conformes técnicamente e com o pagamento em dia, tudo bem.

Onde a questão ética?

O princípio da difusão exigia que uma emissora de rádio tivesse uma programação eclética;
Que uma emissora de rádio não podia professar uma religião ou promover um partido politico;
Que uma emissora de rádio - e aí inclua-se a televisão, que é um rádio com imagem - deveria
promover a cultura, a educação, a cidadania e o lazer do povo brasileiro;

Quando Roquete Pinto implantou o primeiro sistema de rádio no Brasil, definiu:
"O Rádio é a escola dos que não tem escola".
Mais tarde, Ubiratan Lustosa, diretor da então Rádio Clube Paranaense - PRB2 - a terceira emissora
instalada no Brasil, criou o slogan: "O rádio educa divertindo, diverte educando."

Jogaram tudo no lixo.

Ministro Paulo Bernardo. Já que você está fazendo um curso de reciclagem por ter sido um mau condutor,
ou motorista, aproveita e volta por uns dias aqui pra Curitiba. Nós prometemos que juntaremos as melhores
cabeças que fizeram o sucesso do Rádio de Ouro no Paraná e administraremos um rápido, porém eficaz,
curso de reciclagem de como promover um rádio ético e comprometido com as aspirações mais nobres
do povo brasileiro.

Pois a picaretagem que se instalou nos veiculos de comunicação, não pode continuar.

Atenciosamente,
Wasyl Stuparyk ou Basilio Junior
Site www.oradiodoparana.com.br

tautologia



E sabe o que é tautologia?
 
É o termo
 usado para definir um dos vícios, e erros, mais comuns de linguagem. Consiste na repetição de uma ideia, de maneira viciada, com palavras diferentes, mas com o mesmo sentido.
O exemplo clássico é o famoso 'subir para cima' ou o 'descer para baixo'. Mas há outros, como pode ver na lista a seguir:


-
elo de ligação
- acabamento
final
- certeza
absoluta
- quantia
exata 
- nos dias 8, 9
e 10, inclusive
- juntamente
com
-
expressamente proibido
- em duas metades
iguais
- sintomas
indicativos 
-
anos atrás
- vereador
da cidade
-
outra alternativa
- detalhes
minuciosos
- a razão é
porque
- anexo
junto à carta
- de sua
livre escolha
- superávit
positivo 
-
todos foram unânimes
- conviver
junto 
- fato
real
- encarar
de frente
- multidão
de pessoas
- amanhecer
o dia
- criação
nova
- retornar
de novo
- empréstimo
temporário
- surpresa
inesperada
- escolha
opcional
- planear
antecipadamente
- abertura
inaugural 
-
continua a permanecer
- a
últimaversão definitiva
-
possivelmente poderá ocorrer
- comparecer
em pessoa
- gritar
bem alto
- propriedade
característica 
-
demasiadamente excessivo
- a seu critério
pessoal
- exceder
em muito .

Note que todas essas repetições são dispensáveis.
Por exemplo, 'surpresa inesperada'. Existe alguma surpresa esperada? É óbvio que não.
Devemos evitar o uso das repetições desnecessárias. Fique atento às expressões que utiliza no seu dia-a-dia.

Gostou?
Reenvie para os amigos amantes da língua portuguesa... ou para aqueles que precisam aprender um pouco mais!
E, assim, se fala em bom português 
Prof.. Pasquale Neto 

No popular se diz:
'Esse menino não para quieto, parece que tem bicho carpinteiro'
Correto:
'Esse menino não para quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro'



EU NÃO SABIA. E VOCÊ?


Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.

Enquanto o correto é:

Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.

Cor de burro quando foge.

O correto é:

Corro de burro quando foge! 

Outro que no popular todo mundo erra:



Outro que todo mundo diz errado,

'Cuspido e escarrado'

quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa. O correto é: 
'Esculpido em Carrara.'

(Carrara é um tipo de mármore) 

Mais um famoso...

'Quem não tem cão, caça com gato.'

O correto é:
 
'Quem não tem cão, caça como gato...

ou seja,
sozinho!'

Vai dizer que você falava corretamente algum desses?

Regras novas para concessão de rádios e TVs

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

você sabe o que é um palíndromo?

 
 

Um
palíndromo é uma palavra ou um número que se lê da mesma maneira nos dois sentidos, normalmente, da esquerda para a direita e ao contrário.

Exemplos: OVO, OSSO, RADAR. O mesmo se aplica às frases, embora a coincidência seja tanto mais difícil de conseguir quanto maior a frase; é o caso do conhecido:


SOCORRAM-ME, SUBI NO ONIBUS EM MARROCOS.

Diante do interesse pelo assunto (confesse, já leu a frase ao contrário), tomei a liberdade de seleccionar alguns dos melhores palíndromos da língua de Camões...
 


ANOTARAM A DATA DA MARATONA

ASSIM A AIA IA A MISSA

A DIVA EM ARGEL ALEGRA-ME A VIDA

A DROGA DA GORDA

A MALA NADA NA LAMA


A TORRE DA DERROTA

LUZA ROCELINA, A NAMORADA DO MANUEL, LEU NA MODA DA ROMANA: ANIL É COR AZUL

O CÉU SUECO

O GALO AMA O LAGO

O LOBO AMA O BOLO

O ROMANO ACATA AMORES A DAMAS AMADAS E ROMA ATACA O NAMORO

RIR, O BREVE VERBO RIR

A CARA RAJADA DA JARARACA

SAIRAM O TIO E OITO MARIAS
 

ZÉ DE LIMA RUA LAURA MIL E DEZ

E já agora


E sabe o que é tautologia?  (Saberá nas próximas postagens)TchAU!!!

domingo, 15 de janeiro de 2012

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Desejo a você


Dentre os vários escritos de Victor Hugo, o ilustre romancista francês, há um poema de profunda sensibilidade e grandiosa beleza. que diz o seguinte:
Desejo, primeiro, que você ame, e que, amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que, esquecendo. não guarde mágoa. 

Desejo também que tenha amigos, ainda que maus e inconseqüentes.
Que sejam corajosos e fiéis, e que pelo menos num deles você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim, desejo ainda que você tenha adversários.
Nem muitos, nem poucos, mas na medida exata para que, algumas vezes, você se interpele a respeito de suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo, para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo, depois que você seja útil, mas não insubstituível. E que nos maus momentos, quando não restar mais nada, essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo, ainda, que você seja tolerante, não com os que erram pouco, porque isso é fácil, mas com os que erram muito e irremediavelmente, e que, fazendo bom uso dessa tolerância, você sirva de exemplo aos outros.
Desejo que você, sendo jovem, não amadureça depressa demais, e que, sendo maduro, não insista em rejuvenescer, e que, sendo velho, não se entregue ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor, e é preciso deixar que aconteçam no tempo certo.
Desejo, por sinal, que você seja triste, não o ano todo, mas apenas um dia.
E que nesse dia descubra que o riso diário é bom, o riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo que você descubra, com a máxima urgência, acima e a respeito dc tudo, que existem oprimidos e infelizes, e que estão à sua volta.
Desejo, ainda, que você afague um gato, alimente um cuco e ouça o João-de-barro erguer triunfante o seu canto matinal porque, assim, você se sentirá bem por pouca coisa.
Desejo também que você plante uma semente, por mais minúscula que seja, e acompanhe o seu crescimento, para que saiba de quantas muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro, porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano coloque um pouco dele na sua frente e diga “isso é meu”, só para que fique bem claro quem é o dono de quem.
Desejo também que nenhum de seus afetos morra, por ele e por você, mas que, se morrer, você possa chorar sem se lamentar e sofrer sem se culpar.
Desejo, por fim, que você, sendo homem, tenha uma boa mulher, e que, sendo mulher, tenha um bom homem e que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes, e quando estiverem exaustos e sorridentes, ainda haja amor para recomeçar.
Poema de Victor Hugo,

 

Muitas vezes, desejamos que a vida seja feita apenas de coisas que nos parecem agradáveis, esquecidos dc que são os obstáculos que nos fortalecem e nos fazem evoluir.
São as responsabilidades que nos pesam aos ombros que nos mantêm com os pés no chão, e as forças contrárias servem de testes para nossa resistência.
Assim sendo, só podemos avaliar o valor das circunstâncias pelas lições que nos deixam depois que passam.
Pensemos nisso!

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Portal Rádio

Rádio é um recurso tecnológico das telecomunicações utilizado para propiciar comunicação por intermédio da transcepção de informações previamente codificadas em sinal eletromagnético que se propaga através do espaço. Uma estação de radiocomunicação é o sistema utilizado para executar contatos à distância entre duas estações, ela é composta basicamente de um transceptor (transmissor-receptor) de radiocomunicação, de uma linha de transmissão e da antena propriamente dita.
Cquote1.svgO rádio tem uma série de razões para aparecer como o patinho feio: é um meio invisível em plena era da imagem; um meio aparentado com a oralidade numa cultura onde o que vale é o escrito; um meio absolutamente fugaz numa civilização que prestigia a posteridade; e sobretudo um meio descentralizado, na contramão de um sistema económico e político baseado na acumulação. Mas como bom patinho feio, o rádio também se revela cisne: permanece o meio com maior alcance de público, em números absolutos de audiência, e o meio que as pessoas mais usam, em horas de utilização por semana.Cquote2.svg

Rede

Rádio Nacional é uma rede de emissoras de rádio estatais brasileira pertencente ao sistema Radiobrás. Atualmente, incorporada à Empresa Brasil de Comunicação.
Rádio Nacional
O sistema de rádios estatais começou a ser montado a partir da incorporação ao patrimônio estatal da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, na década de 1930 pelo então presidente Getúlio Vargas. Dois anos antes da inauguração de Brasília, foi fundada em 1958, a Rádio Nacional Brasília. Em 1976, era criada a Nacional FM, de Brasília. Em 1977, foi criada a Rádio Nacional da Amazônia em ondas curtas cobrindo boa parte do território brasileiro com o objetivo de mostrar a Amazônia para o país. Possui cinco emissoras de rádio e retransmite sua programação para centenas de emissoras espalhadas pelo Brasil.

Cronologia

Jornal sobre rádio

Programa

Repórter Esso foi um noticiário histórico do rádio e da televisão brasileira. Foi o primeiro noticiário de radiojornalismo do Brasil que não se limitava a ler as notícias recortadas dos jornais, pois as matérias eram enviadas por uma agência internacional de notícias sob o controle dos Estados Unidos da América. O repórter Esso era patrocinado por uma empresa estadunidense chamada "Standard Oil Company of Brazil", conhecida como Esso do Brasil. Os locutores que fizeram maior sucesso no noticiário foram: Gontijo Teodoro, Luiz Jatobá e Heron Domingues. Os slogans mais famosos eram: "Repórter Esso, o primeiro a dar as últimas" e "Repórter Esso, a testemunha ocular da história".
O programa radiofônico estreiou em 28 de agosto de 1941, transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, iniciando a cobertura do Brasil na Segunda Guerra Mundial. Antes da estreia oficial, o programa havia ido ao ar experimentalmente na Rádio Farroupilha de Porto Alegre.

Biografia

Roberto Landell de Moura (Porto Alegre, 21 de janeiro de 1861 — Porto Alegre, 30 de junho de 1928) foi um padre católico e inventor brasileiro.
Roberto Landell de Moura
É considerado um dos vários "pais" do rádio, no caso o pai brasileiro do Rádio. Foi pioneiro na transmissão da voz humana sem fio (radioemissão e telefonia por rádio) antes mesmo que outros inventores, como o canadense Reginald Fessenden (dezembro de 1900). Marconi se notabilizou por transmitir sinais de telegrafia por rádio; e só transmitiu a voz humana em 1914.
Pelo seu pioneirismo, o Padre Landell é o patrono dos radioamadores do Brasil. A Fundação Educacional Padre Landell de Moura foi assim batizada em sua homenagem, assim como o CPqD (Centro de Pesquisas e Desenvolvimento) criado pela Telebrás em 1976, foi batizado de "Roberto Landell de Moura".

Imagem selecionada

Rádio Bush (1932)
Rádio Bush (1932)
É uma reprodução do modelo Philco 90 Rádio Catedral (1931). Suas linhas clássicas resumem o estilo da catedral, mais conhecido no Brasil como capelinha




















O rádio a esquerda tem a minha idade.PB
 Fonte:Portal do Rádio

Roubar pode,trabalhar não...

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Oficializada a largada para as eleições de 2012 - e agora José?

Comentário sôbre a Copa em Curitiba,publicado dia1/1/12

Gozador ou Imbecil?


Ao ouvir a sua matéria sobre a desapropiação dos moradores vizinhos a arena do atlético,
entendi que o Secretário Municipal afirmou que todos sabiam que um dia teriam que sair
da propriedade?
Ou a notícia está errada, erro de interpretação do reporter que fez a matéria, ou o tal
cidadão é um gozador ou perfeito imbecil!
Se todos sabiam, a Prefeitura Municipal de Curitiba não sabia?
E se sabia, como deu o "habite-se"? Ou será que foi um "habite-se provisório"?

Aliás, eu acho que a sede da Prefeitura está ficando muito pequena para a administração,
então sugiro que desaproprie o Tribunal de Justiça - em frente - , talvez até o Palácio do Governo,
e amplie a sede da prefeitura.

É o cúmulo. Um cidadão compra um terreno a 30, 40 anos, recebe autorização da prefeitura
para alí construir sua casa, construir uma família, com filhos educados para respeitar a sociedade,
as leis do país em que vivem e, para maquiar um estádio de futebol, para uma droga de jogos
de segunda categoria dentro de uma copa, vem o secretário do prefeito e diz: " Vamos conversar democraticamente. Vocês já sabiam e vão ter que sair!"

Esta é a democracia que vivemos. Você é obrigado a votar, democráticamente!
Você tem que sair da sua casa, nós precisamos dela para o bem público!
Extremamente democrático!!!

Vamos acompanhar muito de perto o desfecho da história. Principalmente o parecer e decisão
judicial. Também queremos saber os valores, caso seja paga a tal indenização.
Se superfaturados, para "motivar a democracia", será um crime contra os cofres públicos, pois
trata-se de dinheiro nosso, do povo. E fiquem atentos pois para que as desapropriações saiam
logo é provavel que ofereçam valores muito altos. Valores que possibilitem comprar um grande
terreno e construir uma mansão, num bairro nobre de nossa cidade. Caso contrário, porque
deverá o cidadão abandonar a sua casa?
Vamos ver se realmente existe uma justiça forte e autônoma. Principalmente a decisão que
vai tomar.
Para a justiça prevalecerá o ditado de que "a corda sempre rompe do lado mais fraco?".
Vamos ver.
Abraços,
Wasyl

Festa de fim de ano!!!

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html