quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Praias paranaenses

AURÉLHO

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

E LÁ VAMOS NÓIS



Descansar porque ninguém é de ferro,e aproveitar o tempo que nos resta!!!

Poderá também gostar de:





É MUITA LEI

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

VALEU WASYL!


Hoje, 8 de novembro de 2012, o Vasco - Alcides Vasconcelos - estaria fazendo 83 anos. Pena que os bons vão cêdo. Uma das mais lindas vozes do Rádio do Brasil. O mundo inteiro sabia, menos os conterrâneos. Lamentavelmente, seguimos prestigiando tudo que vem de fora - esperamos que nossos valores saiam de nossa cidade e
quando voltam, com o sucesso merecido, corremos para beijar-lhes a bunda.
É, hoje estou azêdo. Falamos de poetas do mundo todo, até daqueles que escrevem "merda" em nome da modernidade. Mas não lembramos dos nomes que temos aqui, em nosso quintal. Eu queria dizer que temos síndrome de vira latas, mas certamente estarei sendo políticamente incorreto e ofendendo aos pobres cães. Lembro, com muita raiva, quando veio um português imbecil pra Curitiba e transformou o nosso Corpo de Baile da Fundação Teatro Guaira em uma mísera companhia de danças, Ballet Guaira. O Rio de Janeiro, conserva até hoje o Corpo de Baile do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Bethoven ou Ravel jamais comporiam uma dessas coisas que ouvimos por aí, que alguns teimam em chamar de musica. E pior, tempos depois, um "requeijão de péssima qualidade", transforma a Fundação Teatro Guaira em autarquia do estado. A cultura não tem dinheiro, as Rádios e Televisão educativas, sobrevivem graças a teimosia e trabalho de alguns poucos abnegados, e a programação de uma Fundação Cultural de fora. Mas a nossa não, tem que ficar sob os tacões - ou cascos, pra relembrer governos anteriores - do governo. Não seria mais producente se tivéssemos a nossa Fundação, com autonomia? Mas o problema é que estaríamos criando espaço para nossos artistas - musica, artistas plasticos, escritores, atores, bailarinos etc. - o que prejudicaria muito o "relacionamento de pucha saquismo" das nossas "otoridades" com o universo cultural de fora.
Quantos dias, Ari Fontoura correu atrás de governantes, com rolo de papel no sovaco, para conseguir assinatura para conseguir a cessão do Teatro de Bolso? Hoje, quando vem a Curitiba, vão correndo atraz do Ari para que "tome um cafesinho" com os políticos, pedindo uma carona na fama. E o Ari, nem consegue mais ver o fruto do seu trabalho. Demoliram e jogaram fora o Teatro de Bolso.
O Teatro Guaira, que já produziu grandes espetáculos, hoje é um "centro cultural" de quê?
Não por falta de vontade de seus administradores, mas por falta absoluta de recursos. Artista quer mostrar sua arte. Todos.
Temos uma orquestra que não toca pra ninguém, e parem de dizer que toca, pois 3 ou 4 concertos por ano é uma miséria. Um "ballet" que não dança pra ninguém, idem orquestra.
As leis de incentivo fiscal, destinam milhões em subvenções para um Circo de fora e tratam nossos produtores e artistas como mendigos, pedintes - sempre foi assim - e com míseras dotações, exigem espetáculos de alta qualidade. E ainda querem argumentar: "mas nós demos 300.000,00 para eles." Só não falam que deram para 30 produtores independentes, para realizarem 30 espetáculos com, no mínimo, 10 apresentações e em diversos municípios do estado. Ou seja, dão para 30 produtores, realizarem 300 espetáculos - mesmo que seja um monólogo, tem técnicos, transporte material, hotel, alimentação, direitos autorais etc. - o valor que um burocrata - melhor seria, burrocrata - ganha de salário por ano.
Por favor, não me falem mais em cultura. Governantes, de todas as áreas, políticos, não falem mais em cultura. Vocês não tem autoridade para falar em cultura. Vocês não sabem o que é a cultura. Confundem, promover a cultura, com "pagar artistas globais para promoção pessoal". Ou não, o que é bem pior. Usam a cultura para promoção pessoal.
No entanto hoje, com o advento da internet, vocês conseguem enganar somente a si proprios. Todos vem, e deveriam esculachar mais os dirigentes que usam os movimentos culturais em proveito proprio. Temos que denunciar as subvenções destinadas a "não fazer nada", além de produzirem relatórios mentirosos e algumas fotos para comprovarem as mentiras.
Um dia, alguém virá para, com respeito e honestidade, promover os bens culturais do estado, das manifestações culturais do seu povo, das iniciativas dos que amam todas as artes produzidas em nosso solo.
Vira?
Assim espero!

Wasyl Stuparyk

sábado, 3 de novembro de 2012

Nota enviada por Isabel Furini

Solicitamos divulgação da Exposição: "IMAGENS DO MUNDO"

Vernissage: Em 07de novembro, 19 horas, no Estação Business School, Av. Sete de Setembro, 2775 - 5º Andar, Curitiba.

Escultura: Zardo.
Pintura: Alexandre Bozza, Cássia Mocellim Acosta, Carlos Zemek, Celia Dunker, Daniel S. Freire (in Memoriam), Dirce Bittencourt, Katia Velo,  Mercedes Brandão, Neiva Passuello,  Rogério Bittencourt, Sandoval  Tibúrcio, Valéria Sípoli, Vanice Ferreira, Vera Freitas,  além de Maribel Moratilla, da Espanha, e Claudia Augusti e Ilia Ruiz  da Argentina.

O curador Carlos Zemek procurou o estranhamento, a descoberta do mundo, a busca do homem contemporâneo que tem sede de conhecer, de experimentar, de pesquisar, de pular de sensação em sensação na busca do próprio ser.  Imagens do mundo, abre as portas conteúdos e linguagens diferentes. 

O filósofo grego Platão dizia que o homem “quer ser mais ser”. Essa necessidade de erguer os olhos para as estrelas do céu noturno, de buscar a si mesmo, de reconhecer-se como um ser transcendente, além da cotidianidade, ou no conceito de Platão, perceber-se como “um ser com asas”, inspirou esta exposição.
A proposta do curador Carlos Zemek é entender o ser humano e suas múltiplas manifestações. O ser humano  que reproduz a realidade e o ser humano capaz de sonhar, de fantasiar  e de transformar essa mesma realidade. Por isso, os artistas tiveram a opção de escolher imagens do mundo real e do mundo da imaginação e dos sonhos. Formas e cores do universo real e do universo do inconsciente, dos sonhos, das quimeras.

Repassando: E agora Mané!

Foto

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html