terça-feira, 5 de novembro de 2013

RAINHA DO RÁDIO:LUCIA CECILIA kUBIS

Rainha do rádio curitibana vira filme


O curta-metragem Notícias da Rainha, de Ana Johann, tem pré-estreia hoje no Guairinha e resgata parte da história de Lucia Cecília Kubis,, hoje esquecida



O ano de 1948 foi especial para Lucia Cecília Kubis. Ela foi escolhida, em votação promovida pela Gazeta do Povo, a Rainha do Rádio na capital paranaense. O primeiro de três títulos que recebeu em duas décadas de carreira. A cantora, de dotes vocais invejáveis, moldados em aulas de canto que recebeu desde muito jovem, tinha suas particularidades. Ela preferia música lírica, operetas, a marchinhas de carnaval, sambas-canção ou boleros, gêneros em voga naquela época. Muito popular, ela seguiu no posto de estrela da PRB2, cantando e participando de radionovelas até 1964, quando a emissora encerrou suas atividades e fechou as portas. Naquele momento, a luz de Lucia, a intérprete, também começaria a se apagar.
A incrível, e hoje desconhecida, trajetória da cantora chegou aos ouvidos da cineasta curitibana Ana Johann por meio de uma amigo, Ricardo Trento, proprietário de uma empresa de captação e produção cultural, que conhecia uma das filhas de Lucia, Liliana Pizzolato, e acreditava que a história da cantora renderia um filme.



Pré-estreia do documentário hoje, às 20 horas, no Guairinha – Auditório Salvador de Ferrante (R. XV de novembro, 971), (41) 3304-7961. Ingressos: R$ 10, R$ 5 (meia-entrada) e R$ 8 (para associados do Cartão Teatro Guaíra e do Clube do Assinante da Gazeta do Povo).
Inconformada com a ausência do nome da mãe nos livros de história cultural do Paraná, Liliana tentava há bastante tempo escrever uma obra com as memórias de Lucia. Mas sempre esbarrava na reticência da biografada, que se recusava a dar respostas a muitas de suas perguntas.
Desse impasse, o de uma filha que tenta, em vão, resgatar em detalhes o passado da mãe, nasceu o curta-metragem Notícias da Rainha, que tem pré-estreia  hoje às 20 horas, no Guairinha, teatro no qual o filme foi gravado, e palco onde Lucia se apresentou muitas vezes em sua carreira.
Dona de um troféu Can­­­dan­­­go, que recebeu em 2012 pelo longa-metragem Um Filme para Dirceu, também um trabalho de não ficção, vencedor do Prêmio Especial do Júri no 45.º Festival de Brasília de Cinema Brasileiro, Ana pensava, em princípio, lá nos idos de 2010, em realizar um documentário observacional sobre Lucia. Aos poucos, entretanto, foi percebendo que tinha nas mãos uma história tão complexa quanto a da cantora. Deu-se conta que também desejava falar dessa pulsão, até certo ponto frustrada, de Luciana tirar a história de Lucia, hoje aos 88 anos, do esquecimento, da vontade de trazê-la de volta à luz.
Maiores detalhes na edição de 3/11/2013 da Gazeta do Povo no excelente texto de Paulo Camargo.(Caderno G.)

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html