segunda-feira, 20 de abril de 2015

A caminho do gol (fonte Gazeta do povo 20/04/2015)



Durval Monteiro Castilho: a voz do “A caminho do gol”

Texto publicado na edição impressa de 20 de abril de 2015
A positividade de Durval Monteiro Castilho era contagiante. Ele conseguia ver o lado bom de todas as coisas e festejava todos os bons momentos – por mais simples que fossem. As reuniões de família e a ida para o litoral paranaense eram os episódios mais felizes para o radialista.
Natural de Rolândia, no Norte do Paraná, Durval veio de uma família humilde, e por causa disso se orgulhava de tudo aquilo que conquistou durante seus 72 anos de vida. Ainda jovem mudou-se para Astorga, também no Norte do estado, e lá estudou até o antigo ginásio, atual Ensino Fundamental. Para continuar os estudos, foi para outra cidade. Dessa vez o destino era Arapongas. Com a separação de seus pais, Durval começou a trabalhar cedo. Aos 16 anos era auxiliar de dentista. Mostrou habilidade na função e todos acreditavam em um grande futuro na odontologia.
   início a sua trajetória no rádio. Na emissora da cidade, comandava um programa chamado Qual é a música?, no qual atendia aos pedidos musicais dos ouvintes. Entre inúmeras ligações, uma foi muito especial: o pedido de Elce Vieira. A jovem pediu a música I want to be free, cantada por Elvis Presley. Enquanto o hit tocava, Durval e Elce conversavam. O papo evoluiu e os dois namoraram por cinco anos. Casaram-se em 1968 e tiveram três filhos: Alessandra, Durval Jr. e Fabiano.Formou-se em 1971 em Direito.Foi eleito o orador de sua turma pela habilidade que tinha com as palavras. Quando se encontravam, os amigos de faculdade relembravam-se das palavras de Durval naquela data.
Em todas as oportunidade que tinha, era ele o porta-voz oficial. Puxava discursos em aniversários, almoços e festas. Por essa facilidade em se comunicar, tornou-se o conselheiro da família. “Além de falar bem, ele também era um ótimo ouvinte e dava bons conselhos”, conta Alessandra.
Seguiu no rádio. O comunicador passou por diversas emissoras, entre elas Paraná e CBN. Ficou conhecido pelo comando do programa esportivo A caminho do gol, do qual foi apresentador por 33 anos. Trabalhou no rádio até seus 70 anos. Além de comentarista, era um grande estudioso do esporte e até ganhou a alcunha de “enciclopédia do futebol”, conta a filha Alessandra. Ele era apaixonado por futebol e assistia ao maior número de jogos que podia. Torcedor do Coritiba, acompanhava todas as partidas do time. Quando não podia ir ao Estádio Couto Pereira, assistia aos jogos pela televisão ou ouvia pelo rádio.
Durval teve também uma rápida carreira política. Assumiu parte de um mandato como vereador, quando era suplente em Astorga. No fim dos anos 1970, foi candidato a prefeito da cidade. Fez parte do Rotary Club local, no qual cumpriu a função de presidente. Pelos seus feitos, foi nomeado cidadão honorário de Curitiba, em 1996, e também comendador de Astorga, em 2014.
Sempre foi muito presente na família e gostava de comemorar cada minuto passado ao lado dos filhos. Os fins de semana juntos eram de festa para ele. Ele amava frequentar a praia, principalmente com os seus queridos familiares.
Depois de se aposentar, finalmente, pôde aproveitar o Litoral. Mudou-se com a esposa para Guaratuba, onde morou até o fim de sua vida. Mesmo assim, mantinha compromissos “sagrados” em Curitiba. Um deles era o jantar mensal dos amigos que trabalharam na rádio. Eles formavam o grupo chamado Confraria da bola.
Sempre perfeccionista, Durval mantinha por perto sua caixa de ferramentas. Não gostava de ver nada fora do lugar. Se via algo estragado, logo parava para consertar. Depois de aposentado, criou também o habito de cultivar uma horta em casa.
Sua vida foi interrompida pelo avanço de uma pneumonia intersticial aguda, grave doença nos pulmões. Prestes a completar 73 anos, Durval deixou a esposa Elce, os três filhos, netos, amigos e colegas de profissão.
Dia 1º de abril, aos 72 anos, de pneumonia intersticial aguda, em Curitiba.
Colaborou: Getulio Xavier.

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html