quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Porque sonhamos dormindo?

Os sonhos são uma parte insubstituível do que significa ser humano. É por isso que aparecem refletidos na história, na mitologia e na religião. Mas são os sonhos uma parte sem importância da nossa existência ou realmente transcendem ao anedótico?
Passamos um terço de nossas vidas dormindo. No entanto, somente sonhamos por poucos minutos. Se calcularmos uma média, ao longo de nossa vida sonhamos seis anos inteiros. Durante este processo, o cérebro é quase totalmente ativado, necessitando que o fluxo de sangue seja o dobro do necessário durante a vigília. Apenas uma parte do cérebro pára de funcionar enquanto dormimos: o centro lógico. É por isso que os sonhos adquirem, muitas vezes, tons de irrealidade. Além disso, para não exteriorizar nossos sonhos, o cérebro envia sinais para a medula espinhal paralisando assim nossos membros temporariamente. O único que movemos durante o sono, que ocorre durante a fase conhecida como REM, são os nossos olhos que se movem de acordo com a nossa atividade no sonho.
Um papel importante que nosso cérebro desempenha durante o sono é descartar e selecionar as memórias. É por isso que no seguinte a termos estudado lembraremos melhor a matéria se não passarmos a noite inteira olhando notas e dormirmos o tempo necessário. É necessário, portanto, dormir bem para que o que estudamos permaneça em nossa memória no dia seguinte.

Nenhum comentário:

FIQUE BEM INFORMADO.

Leia mais: Hoje é dia de que? Datas comemorativas • A arte da vida. Apon HP. Literatura para pensar e sentir http://www.aponarte.com.br/p/hoje-e-dia-de-que-e-amanha_09.html